Publicidade
Esportes | Inter Colorado

Inter goleia o Aimoré por 6 a 1 e assume a liderança do Gauchão

Com a vitória, Colorado chega ao 20 pontos, na primeira colocação da tabela, mas com dois jogos a mais que o vice-líder Grêmio

Por Matheus Beck
Publicado em: 14.04.2021 às 21:44 Última atualização: 15.04.2021 às 06:58

Inter de Edenilson goleou o time leopoldense Foto: Ricardo Duarte/Inter
O Inter goleou o Aimoré dentro do Cristo Rei. Pelo placar de 6 a 1, em jogo que iniciou quente e terminou em ritmo de jogo-treino, o Colorado assumiu a liderança e o Índio teve de lidar com um revés inesperado. Os gols colorados foram marcados por Heitor, Guerrero, Yuri Alberto e Galhardo, que marcou três vezes. Para o Índio, Darlan descontou.

O Inter estreia na Libertadores da América na próxima terça-feira, 20 de abril, às 19h15. A equipe terá o seu primeiro passo na competição sul-americana fora de casa, contra o Always Ready, na Bolívia. Já o próximo desafio do Aimoré é de encerramento da etapa classificatória estadual. A equipe enfrenta o Aimoré, em Ijuí, em data ainda indefinida.

O duelo

E o início de jogo é disputado no Cristo Rei. A equipe colorada roda a bola no estilo Miguel Ángel Ramírez e o Aimoré marca posicionado. A equipe do técnico Gilson Maciel espera e busca os contra-ataques. Por enquanto, placar segue zerado. O jogo ficou parado durante muito tempo. Jean Roberto, meia aimoresista que estava no banco, foi expulso mas se recusava a deixar o gramado. Em ataque com velocidade, aos 18 minutos, o Inter balançou as redes. Em rebote, Heitor finalizou com força e fez o 1 a 0.

O Aimoré não sente o gol. A equipe tenta e tem boas chegadas com Isaías. Aos 28 minutos, falta de Neto Baiano quase entrou. Um minuto depois, nova chegada dos aimoresista. Isaías dominou bola dentro da área, driblou a zaga, Marcelo Lomba e finalizou para fora. Aos 34 minutos, nova oportunidade. Raul realizou intervenção e lançou Neto Baiano com perfeição. O centroavante finalizou cruzado e Lomba defendeu.

O Índio Capilé fazia bom jogo até que Bruno Ferreira fez pênalti em Praxedes. Galhardo cobrou de cavadinha e fez 2 a 0. Aos 41 minutos, em confusão no meio de campo, Cuesta agrediu o volante Marabá. A arbitragem expulsou os dois jogadores. Aos 50 minutos, o Aimoré descontou com Neto Baiano, após cruzamento de Bruno Ferreira. O gol, entretanto, foi anulado. Arbitragem marcou impedimento do centroavante aimoresista. E assim a primeira e quente primeira etapa se encerrou.

O início de segunda etapa foi de polêmica logo nos primeiros instantes. Dois minutos de jogo, escanteio cruzado e a bola esbarrou na mão de Neto Baiano. Mais um pênalti para o Inter. Dessa vez Patrick cobrou e isolou por cima da meta de Raul. O Índio seguiu na busca do desconto, mas aos 7 minutos, em contra-ataque combinado por Patrick e Galhardo, o Colorado ampliou. Foi dos pés de Galhardo o 3 a 0. O Aimoré seguiu tentando e aos 10 minutos, em escanteio cruzado por Luis Soares, Darlan subiu mais que a zaga colorada e descontou. Placar parcial de 3 a 1. Aos 17 minutos, o volante João Denoni tentou driblar o atacante colorado, mas acabou perdendo a posse. Galhardo avançou, driblou Raul e marcou o quarto dos visitantes. Aos 43 minutos, mais um para o Inter. Jogada de Caio Vidal pelo lado direito, a bola viajou na área e Yuri Alberto apenas conferiu o quinto. Sem forças para reagir ou voltar para marcar, o desgastado Aimoré tomou mais um. Aos 46 minutos, contra-ataque de velocidade e o sexto colorado foi marcado por Guerrero.

Panorama

A partida que abriu a penúltima rodada do Gauchão teve a atenção de muitas equipes. Para o Aimoré, dono do Cristo Rei, palco da partida, poderia ser um momento histórico. O Índio, que ocupava a sexta colocação com 13 pontos, almejava ainda a soma de pontos para brigar por vagas às disputas nacionais. Ao mesmo tempo, uma vitória poderia lhe colocar no G-4, a zona de classificação aos matas da competição. Para o Inter, que estava na segunda colocação com 17 pontos, poderia ser de liderança. Os três pontos deixariam o clube, parcialmente, na primeira colocação, passando a frente de seu principal rival, o Grêmio. Além disso, valeria o ritmo de jogo para o Colorado, além da afirmação para alguns jogadores que ainda buscavam espaço no time titular de Miguel Ángel Ramírez. 

O jogo

Quarta-feira (14) / Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo. Árbitro: Vinicius Góes do Amaral, auxiliado por André Bitencourt e Juarez de Mello Júnior. 

Aimoré

Raul; Bruno Ferreira (Tcharles), Renato, Darlan e Lucas Sampaio; Marabá e João Denoni (Willian Mineiro); Luís Soares (Érico Júnior), Isaias e Guilherme Beléa (Everton Júnior); Neto Baiano (Janeudo). Técnico: Gilson Maciel.

Inter

Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson (Lindoso) e Praxedes (Nonato); Carlos Palacios (Guerrero), Patrick (Caio Vidal) e Galhardo (Yuri Alberto). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.