Publicidade
Esportes | Inter Colorado

Inter perde para o Olimpia nos pênaltis e é eliminado da Libertadores

Equipes ficaram no 0 a 0 no Beira-Rio e os paraguaios venceram por 5 a 4 na decisão por pênaltis

Publicado em: 22.07.2021 às 21:17 Última atualização: 23.07.2021 às 00:09

Inter de Taison encara o Olimpia no Beira-Rio Foto: Ricardo Duarte/Inter
O Inter está eliminado da Copa Libertadores. Na noite desta quinta-feira (22), os colorados desperdiçaram  muitas chances de gol contra o Olimpia, no Beira-Rio, pelo segundo e decisivo duelo das oitavas de final. Teve bola na trave e até pênalti perdido. Com o 0 a 0, mesmo placar do Paraguai, a decisão foi para os pênaltis. E os paraguaios levaram a melhor, venceram por 5 a 4 para confirmar a vaga nas quartas de final contra o Flamengo. Agora o Inter foca no Brasileirão. No domingo (25), às 18h15, o time encara o Athletico-PR fora de casa.

O primeiro tempo teve domínio colorado e uma coleção de gols perdidos pelo Inter. Taison deixou Yuri Alberto na cara do gol logo aos 6 minutos de jogo. O atacante colorado bateu em cima do goleiro Aguilar. Aos 18min, Galhardo teve boa chance dentro da área. Quatro minutos depois, Taison bateu da entrada da área e acertou a trave. Os colorados chegaram ao gol com Taison, de cabeça, aos 26, mas Galhardo estava impedido na origem do lance e o gol foi anulado. Moisés cobrou falta na área e Thiago Galhardo cabeceou para grande defesa de Aguilar. O Inter perdeu um gol atrás do outro. Aos 39, Galhardo bateu pra fora. Um minuto depois, Yuri Alberto recebeu de Mauricio e obrigou o goleiro Aguilar a fazer mais uma grande defesa.

Galhardo teve nova chance aos 4 minutos do segundo tempo, mas bateu para fora. Dois minutos depois, Moisés soltou uma bomba que tirou tinta do travessão do goleiro Aguilar. Nem de pênalti a bola entrou. Taison foi derrubado na área aos 20min. Edenilson cobrou e o goleiro Aguilar fez a defesa. Edenilson estava numa sequência de 14 penalidades convertidas. A partir daí, o Olimpia arriscou sem muito perigo ao gol de Daniel e os colorados não conseguiram ter a mesma força ofensiva. O 0 a 0 levou a decisão para os pênaltis. Nas penalidades, Thiago Galhardo desperdiçou a quinta e última cobrança do Inter e Derlis González fez para o Olimpia: 5 a 4 nos pênaltis. Os paraguaios confirmaram a vaga nas quartas de final e deixaram o Inter pelo caminho.

Inter

Daniel; Heitor (Boschilia), Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick (Mauricio) e Taison (Vinícius Mello); Thiago Galhardo e Yuri Alberto (Palacios). Técnico: Diego Aguirre.

Olimpia

Aguilar; Salazar, Salcedo, Alcaraz (Cáceres) e Iván Torres; Ojeda, Ortiz, Orzusa (Walter González) e Derlis González; Pitta e Recalde (Alejandro Silva). Técnico: Sergio Orteman.

DETALHES

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Árbitro: Christian Ferreyra, auxiliado por Pablo Llarena e Alberto Ponte (trio uruguaio).

 

 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.