Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Cachoeirinha PROCESSO DE IMPEACHMENT

Depoimento de Miki Breier na Câmara de Vereadores é adiado

Sessão que julgará possíveis irregularidades político-administrativas do prefeito de Cachoeirinha segue agendada para 23 de fevereiro

Publicado em: 01.02.2022 às 17:26 Última atualização: 01.02.2022 às 17:26

Previsto para o dia 9 de fevereiro, o depoimento do prefeito afastado de Cachoeirinha, Miki Breier (PSB), alvo de um processo de impeachment, foi adiado pela Câmara de Vereadores. Em reunião na manhã desta terça-feira (1), também foram transferidas as oitivas das testemunhas de defesa e acusação. Agora, todos serão ouvidos pela Comissão Processante (CP) no dia 11 de fevereiro, a partir das 8 horas.

A sessão que julgará possíveis irregularidades político-administrativas do prefeito segue agendada para o dia 23 de fevereiro.

Depoimento de Miki Breier na Câmara de Vereadores é adiado
Depoimento de Miki Breier na Câmara de Vereadores é adiado Foto: Marcos Eifler/ Assembleia Legislativa

A mudança de data foi feita para garantir à defesa tempo hábil para analisar os autos. Ao processo, foram anexadas 17 mil páginas referentes às operações Proximidade e Ousadia, deflagradas pelo Ministério Público (MP) em junho e setembro de 2021, culminando no afastamento do prefeito no dia 30 de setembro.

Os documentos são usados como prova pelo vereador Mano do Parque (PSL), que pede o impeachment do chefe do Executivo. 

O advogado de Miki Breier, André Lima, comunicou que o material não estava disponível para a defesa e foi embora da Câmara de Vereadores antes de receber o conteúdo colhido pelo MP durante as operações. Conforme o presidente da CP, vereador David Almansa, a demora para anexar as páginas se deu por conta do recesso do legislativo - a secretaria ficou fechada entre os dias 1º e 25 de janeiro.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.