Publicidade
Notícias | Especial Coronavírus Boa notícia

São Leopoldo ultrapassa marca dos 100 mil vacinados com primeira dose contra a Covid

É o 10.º município do RS a atingir o número e chegar perto de imunizar 50% da população

Por Priscila Carvalho e Jean Peixoto
Publicado em: 14.07.2021 às 03:00 Última atualização: 14.07.2021 às 07:40

São Leopoldo passou a marca de 100 mil pessoas imunizadas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19. O número foi ultrapassado na segunda-feira (12), quando a vacinação chegou à faixa etária dos 34 anos ou mais, independente de comorbidades. Até a tarde de ontem, o Município havia vacinado 101.213 pessoas com a primeira dose. De acordo com os dados disponibilizados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), São Leopoldo é a décima cidade do Estado a atingir o número, ao lado de Porto Alegre, (738,4 mil doses), Caxias (218,5 mil), Pelotas (166,3 mil), Canoas (154,3 mil), Santa Maria (127,6 mil), Gravataí (123,2 mil), Novo Hamburgo (111,6 mil), Viamão (108 mil) e Passo Fundo (101,6 mil).

Vacina no Museu do Trem Foto: Romeu Finato/Prefeitura de São Leopoldo

"É muito positivo. Acho que conseguimos dar uma dinâmica forte de vacinação. Nunca tivemos vacinas guardadas, temos uma boa agilidade no atendimento das pessoas", colocou o secretário municipal de Saúde, Marcel Frison, avaliando os números e destacando que aguarda por mais doses da vacina, que são enviadas pelo governo federal aos Estados e, posteriormente, repassadas aos municípios. "Nossa parte tem sido feita", afirmou.

Faixa dos 32 anos

Hoje, São Leopoldo disponibilizará a vacina contra a Covid-19 para pessoas com idades a partir de 32 anos, independente de comorbidades. A primeira dose será disponibilizada exclusivamente no Ginásio Municipal Celso Morbach, na Avenida Dom João Becker. O Centro de Eventos, na Avenida São Borja, atenderá na modalidade drive-thru, e o Museu do Trem, na Rua Lindolfo Collor, 40, a pé, para a aplicação de segunda dose. Os locais seguirão o horário padrão das 9 horas às 11h30 e das 13h30 às 16 horas.

Leia tudo sobre o coronavírus

A segunda dose da AstraZeneca/Fiocruz é destinada para quem fez a primeira até o dia 18 de abril e da CoronaVac/Butantan para quem completou 21 dias. Também segue a vacinação para pessoas maiores de 18 anos de idade com as seguintes comorbidades: diabetes, hipertensão arterial, cardiopatias, hepatopatias, pneumopatias, imunossupressão, acidente vascular cerebral, obesidade mórbida e doenças reumáticas.

A aplicação das doses também continua para pessoas com deficiência permanente a partir de 18 anos que comprovem, por meio de laudos médicos ou mediante apresentação do Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência (BPC), além de gestantes, puérperas e lactantes de crianças até um ano.

Na região já são mais de 220 mil vacinados

Até ontem, conforme dados das prefeituras e da Secretaria Estadual de Saúde (SES), a região de cobertura do Jornal VS impresso – São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Esteio, Portão e Capela de Santana – já havia vacinado mais de 220 mil pessoas com a primeira dose de algum imunizante contra a Covid-19. Destes, 81,2 mil já tomaram também a segunda dose ou a dose única, ou seja, estão com o esquema vacinal completo.

Esteio é destaque na proporção de vacinados com a primeira dose: já são 40,9 mil, o que representa 50% da população (8 pontos percentuais a mais que São Leopoldo). Com a imunização completa são 19,7% dos esteienses, enquanto São Leopoldo está em torno de 15%. Já Sapucaia do Sul vem a seguir, com 46,5% da população com a primeira dose e 15,8% com a imunização completa. Portão está perto, com 46,1% da população vacina com a primeira dose e 15,7% com a imunização completa.

E Capela de Santana, município com a menor população da região, tem 39,9% da população com a primeira dose e apenas 11,9% com a imunização completa.

. Foto: Reprodução

Quando o assunto é vacinação em todo o Estado, os municípios menores têm os melhores resultados na imunização, já que é de certa forma mais fácil cobrir toda a população quando se tem um número maior para vacinar. É o caso da cidade de Engenho Velho, com apenas 1.034 habitantes no norte do Estado (na região de Frederico Westphalen), que já vacinou com a primeira dose 91% da população e já bateu em 55,5% na imunização completa.

São os mais altos índices no Estado, seguidos por São José do Inhacorá (83% dos 2.073 habitantes) e Porto Vera Cruz (79.6% dos 1.360 moradores) quando o assunto é primeira dose e, na contagem da imunização completa, por São Valério do Sul (41% dos 2.727 habitantes) e Charrua (39% dos 3.279 moradores), lembrando que o “ideal”, segundo especialistas, para conter a epidemia seria 70% da população com imunização finalizada. Chuí (com 22% dos moradores com a 1ª dose) e Gramado Xavier (9,7%) são os mais atrasados.

 

 

Como fica a vacinação nesta quarta-feira

SAPUCAIA DO SUL

Primeira dose para pessoas com 35 anos ou mais, sem comorbidades; pessoas acima de 18 anos, com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; gestantes, com liberação médica; puérperas; lactantes, com liberação médica; e cuidadores ou responsáveis de jovens até 18 anos com deficiência permanente. Segunda dose para quem tomou a primeira da AstraZeneca até o dia 26 de abril. A vacinação pode ser agendada pelo site https:// minhaagendavirtual.com. br/sapucaiadosul.

ESTEIO

A prefeitura aplica a primeira dose em pessoas com idades a partir de 37 anos, sem comorbidades; pessoas com comorbidades, maiores de 18 anos; pessoas com deficiência, maiores de 18 anos; gestantes; puérperas; profissionais da saúde (vinculados a estabelecimentos de saúde com CNES); trabalhadores da educação (vinculados ao ensino formal: educação básica ou superior); e caminhoneiros profissionais na ativa. Agendamento pelo site www.esteio.rs.gov. br/vacina ou telefone 3433-8400 (Ramal 1), das 8 horas ao meio-dia e das 13 às 17 horas. Para a segunda dose da AstraZeneca, não é preciso agendar. Ela está sendo aplicada de segunda a sexta-feira, das 18h às 19h30, na Secretaria Municipal de Saúde (Av. Padre Claret, 666 – Centro).

PORTÃO

Primeira dose esgotada. A Prefeitura aguarda a chegada de mais doses. Segunda dose da AstraZeneca para quem tomou a 1ª dose entre os dias 1º e 17 de abril. Aplicação das 8 às 17 horas (ou até o fim das doses), no Centro de Eventos Lothar Kern.

CAPELA DE SANTANA

Hoje, haverá aplicação da primeira dose, no Centro Municipal de Eventos, das 13 às 16 horas.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.