Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Especial Coronavírus IMUNIZAÇÃO

Vacinação segue para faixa dos 12 anos em São Leopoldo; Saiba como fica na região

Município segue oferecendo 2.ª e 3.ª doses e, ontem, vacinou em escolas. Por aumento no número de internados por Covid, Governo do Estado emitiu Aviso à região

Por Priscila Carvalho
Publicado em: 30.09.2021 às 03:00 Última atualização: 30.09.2021 às 15:01

Para além do conhecimento e história trazidos nos livros, a biblioteca da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Dilza Flores Albrecht abrigava esperança, nesta quarta-feira (29). Foi num espaço montado lá que a instituição recebeu a equipe da Vigilância em Saúde leopoldense para oferecer a vacinação contra a Covid-19 a seus alunos.

A atividade foi uma medida adotada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsad), que passará a aplicar a primeira dose da vacina em adolescentes, com idade a partir de 12 anos, direto nas escolas municipais. No total, 29 instituições receberão a equipe.

Facilidade

Ontem, a ação iniciou pelas EMEFs Osvaldo Aranha e Dilza Flores, ambas do bairro Feitoria. Os alunos recebiam um termo de consentimento para assinatura dos pais ou responsáveis e, somente com a autorização dos mesmos, tomavam a dose da vacina.

Na Dilza, que tem cerca de 700 alunos, em média 250 deles com 12 anos ou mais. "Acho que foi ótimo, porque facilitou para eles o fato de ser na escola. Eles teriam que depender de ônibus para se vacinar no Centro. Os alunos estão bem contentes e a comunidade também", disse a vice-diretora da escola, Delair Tosatto.

Aluna do 7º ano, Evilyn Gabriele Frutuoso, 13 anos, mora perto da escola, por isso já aproveitou para se vacinar. "Estava na minha prima e minha mãe falou pra eu vir, porque se não teria que ir até o Centro para fazer". Estudante do 9º ano, Júlia Gabriela Barbosa Ilha, 16, também não perdeu a oportunidade de se vacinar. "Quem me avisou foi minha mãe, pois eu não estava esperando no colégio. Lá no Centro é longe pra mim", ponderou.

Fabiana, 45, acompanhou a vacinação da filha Letícia, 12, aluna do 6º ano da Dilza Flores
Fabiana, 45, acompanhou a vacinação da filha Letícia, 12, aluna do 6º ano da Dilza Flores Foto: Diego da Rosa/GES

Para as mães que levavam os alunos na vacinação, aumentar a segurança deles era o principal motivo para autorizar a aplicação contra a Covid. Rosane Saraiva Rangel, 34, acompanhou o filho João Vitor, 13, para que ele recebesse a sua dose. "Eu estava esperando chegar na idade dele para vacinar, como entrou a opção de fazer na escola, já trouxe aqui mesmo", comentou. Fabiana Martinez da Rosa Cezar, 45, acompanhou a filha Letícia, 12, aluna do 6º ano da instituição de ensino. "Eu ia levar ela semana que vem, porque já ia receber a minha segunda dose também, mas como abriu na escola, resolvi trazer ela aqui já, que é mais perto", justificou.

Nesta quinta

Hoje, a primeira dose da vacina também segue sendo oferecida no Ginásio Municipal, na Avenida Dom João Becker, e no Centro de Eventos, na Avenida São Borja, das 9 horas às 11h30 e das 13h30 às 16 horas. Nos dois lugares, são disponibilizadas ainda as segundas doses da Pfizer, para quem recebeu a primeira até o dia 9 de julho; da AstraZeneca/Fiocruz para quem recebeu a primeira até 7 de julho; e da CoronaVac/Butantan para quem completou 28 dias de intervalo da dose inicial. Não haverá vacina em escola hoje.

Imunização pelas cidades

Sapucaia do Sul

Primeira dose para acima de 14 anos. Segunda dose da AstraZeneca para quem tomou a primeira até o dia 23/7; da Pfizer para vacinados até o dia 6/8; e da CoronaVac para quem recebeu a primeira até 14/9. Terceira dose para acima de 70 anos. Agendamento pelo site www.minhaagendavirtual.com.br/sapucaiadosul.

Esteio

A prefeitura abriu agendamento pelo site www.esteio.rs.gov.br/vacina para adolescentes com idades a partir de 14 anos. A aplicação ocorre na sede da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), na Av. Padre Claret, 666.

Portão

Hoje, a prefeitura vacina adolescentes a partir de 12 anos, com ou sem comorbidades, das 8 às 17 horas, no Centro Lothar Kern.

Capela de Santana

Não informou.

GT Saúde emite Aviso para a região

O Grupo de Trabalho de Saúde (GT Saúde), do Gabinete de Crise estadual, divulgou ontem a emissão de três Avisos para as regiões Covid de Novo Hamburgo — da qual fazem parte São Leopoldo e Portão —, Capão da Canoa e Passo Fundo. Além disso, foram discutidos avanços na liberação de protocolos gerais e de atividades que serão divulgados nesta quinta-feira (30) e válidos a partir de sexta-feira (1º).

O Aviso é o primeiro passo do Sistema 3As de Monitoramento, usado pelo governo do Estado para gerenciar a pandemia no Rio Grande do Sul. Nas três regiões que receberam o aviso, a situação requer ainda mais cuidado para que não seja necessário emitir Alerta e ser tomada Ação. A região de Novo Hamburgo teve aumento de 13,5% de internados em leitos clínicos e 9,1% em UTI, entre confirmados e suspeitos.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.