Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Especial Coronavírus IMUNIZAÇÃO

Acordo garante a compra de 100 milhões de doses de vacina da Pfizer para 2022

Ministro da Saúde assinou acordo com a Pfizer nesta segunda-feira

Por Agência Brasil
Publicado em: 29.11.2021 às 15:38

O Ministério da Saúde e a farmacêutica Pfizer assinaram nesta segunda-feira (29) contrato para a compra de 100 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 para aplicação em 2022. A expectativa, segundo a pasta, é que os imunizantes comecem a ser entregues nos três primeiros meses do ano.

Acordo garante a compra de 100 milhões de doses de vacina da Pfizer para 2022
Acordo garante a compra de 100 milhões de doses de vacina da Pfizer para 2022
O contrato prevê ainda a aquisição de mais 50 milhões de imunizantes caso haja necessidade. As doses devem ser entregues de forma trimestral, sendo 20 milhões até março; 25 milhões até junho.; 35 milhões até setembro e 19,9 milhões no último trimestre.
"O contrato ainda contempla qualquer mudança na composição das doses conforme o surgimento de novas variantes da Covid-19, se houver necessidade", destacou o ministério, por meio de nota.

Em 2021, o governo federal e a Pfizer firmaram acordos para aquisição de 200 milhões de doses. As entregas devem ser finalizadas até dezembro deste ano. Desse total, mais de 139 milhões, segundo a pasta, já foram distribuídas aos estados e ao Distrito Federal.

De acordo com o ministério, a expectativa é disponibilizar cerca de 354 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 ao longo de 2022. Além dos 100 milhões de doses da Pfizer, estão incluídos no montante 120 milhões de doses da AstraZeneca, produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), das quais 60 milhões com IFA nacional; e 134 milhões de doses de contratos firmados em 2021 e que ficarão de saldo para o próximo ano.

Segundo a pasta, o investimento total é de R$ 11 bilhões.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.