Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Especial Coronavírus IMUNIZAÇÃO

Crianças começam a receber as doses de CoronaVac; Veja como fica a vacinação na região

São Leopoldo e Esteio iniciaram nesta quinta-feira (27) a aplicação do imunizante do Instituto Butantan

Por Isabella Belli
Publicado em: 28.01.2022 às 03:00 Última atualização: 28.01.2022 às 08:52

São Leopoldo começou nesta quinta-feira (27) a vacinação de crianças com a dose da CoronaVac, que foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e liberada pelo Ministério da Saúde para pessoas com idade entre 6 e 17 anos.

Manuela Haas, 9 anos, tomou a primeira dose da CoronaVac ontem, na UBS Materno Infantil
Manuela Haas, 9 anos, tomou a primeira dose da CoronaVac ontem, na UBS Materno Infantil Foto: Diego da Rosa/GES

No Município, a vacina está sendo destinada aos pequenos de 6 a 11 anos, com comorbidades e, ontem, também foi aplicada naqueles com idade entre 8 e 11 anos, sem comorbidades. Hoje, este grupo já terá a faixa etária reduzida para 7 anos. As crianças com imunossupressão seguem, porém, recebendo doses da Pfizer.

Mais de 130 vacinados

Por conta deste avanço, as doses da CoronaVac estão sendo aplicadas na UBS Vicentina e na UBS Materno Infantil, onde ontem, primeiro dia da imunização com a vacina do Instituto Butantan, foram procurados por muitos pais que, ou escolheram a CoronaVac para o filho ou pela praticidade por estar mais próximo de casa.

De acordo com a Vigilância em Saúde, 133 crianças receberam a dose do Butantan nesta quinta: 64 na UBS Vicentina e 69 na UBS Materno Infantil.

Na EMEF Maria Gusmão Britto, continua a aplicação da Pfizer nas crianças de 5 a 11 anos, com comorbidades, e a partir dos 7 anos, sem comorbidades.

Independente do laboratório de origem do imunizante, todas as crianças devem aguardar 20 minutos após a aplicação para verificar alguma reação adversa.

 

Pela região

Esteio também iniciou ontem a aplicação da CoronaVac em crianças de 8 a 11 anos, com ou sem comorbidades. Já Sapucaia do Sul aguarda a nota técnica do Estado para começar.

Para ampliar a imunização deste grupo e avançar no processo, a Secretaria Estadual da Saúde (SES), anunciou que vai destinar 605 mil doses da CoronaVac que estão em estoque para serem aplicadas como primeira dose pediátrica. A decisão foi tomada em reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) depois que o Ministério da Saúde garantiu doses suficientes para completar o esquema vacinal infantil.

Anthony Kim, 8 anos, também tomou a dose de Coronavac ontem
Anthony Kim, 8 anos, também tomou a dose de Coronavac ontem Foto: Diego da Rosa/GES

Pais aprovam a vacina

Um sorriso, a carteira de vacinação na mão e o melhor: protegida. Assim foi a manhã desta quinta-feria (27) da pequena Manuela Haas, 9 anos, que recebeu a primeira dose da CoronaVac. Segundo a mãe Juliana Haas, 44, a decisão de imunizar a filha com o imunizante do Instituto Butantan foi tomada em família.

"Eu e meu marido conversamos e achamos que ficaríamos mais tranquilos se ela tomasse a dose da CoronaVac, mesmo o pediatra garantindo que poderia ser qualquer uma das vacinas", contou ela que disse estar agora mais segura para o retorno da Manuela para as aulas.

"É uma tranquilidade para a volta às aulas. Nossos filhos são o nosso maior tesouro. Não ficaria confortável em deixá-la ir para a escola sem a vacina."

Anthony Kim, 8 anos, também recebeu a CoronaVac ontem na companhia da mãe e técnica de enfermagem, Fabiana Kim, 32.

"A CoronaVac não dá muita reação", contou.

Família comemora imunização de todos

Silvana Elias Ferreira, 43, é mãe da pequena Ana Elias Ferreira, 8 anos, que ontem recebeu a primeira dose da vacina contra o coronavírus. Mais especificamente, a CoronaVac.

Segundo a mãe, o local da vacinação influenciou muito mais que o próprio laboratório de origem do imunizante.

"A UBS Materno Infantil é mais perto de casa e por isso, mais prático para virmos", contou ela que ressaltou a importância da imunização.

"O laboratório da vacina não faz diferença. O importante é ela estar protegida. Antes da CoronaVac, não tinha o que escolher."

Ana, que até então era a única na família que não estava vacinada, agora, não é mais.

"Os avós, eu, o pai, o mano de 16 anos. Todos nós já estamos imunizados. E agora, a Ana", contou a mãe.

Silvana Ferreira levou a fila Ana, 8, para se vacinar
Silvana Ferreira levou a fila Ana, 8, para se vacinar Foto: Diego da Rosa/GES

A vacinação nesta sexta-feira

Adolescentes e adultos

Quando: 28 de janeiro

Público

1ª Dose: maiores de 12 anos, com ou sem comorbidades

3ª Dose: maiores de 18 anos e profissionais da saúde (intervalo de 4 a 5 meses), imunossuprimidos (intervalo de 28 dias)

4ª Dose: imunossuprimidos (4 meses de intervalo)

Dose de Reforço Janssen: intervalo mínimo de 2 meses e máximo de 6 meses

Documentos 1ª Dose: CPF, Cartão SUS, documento com foto / 2ª Dose: cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de residência / 3ª Dose: mesmos da 2ª laudo médico

SÃO LEOPOLDO

Horário: das 9h às 11h30 e das 13h30 às 16h

Local: Escola Irmão Weibert (Rua Jacob Wieckert, esquina com a Avenida João Corrêa, Fião)

Doses aplicadas: todas

2ª dose/Reforço:

AstraZeneca - 1ª dose até 30 de outubro

Pfizer - 1ª dose até 30 de outubro

CoronaVac - intervalo de 21 dias

Janssen - 1ª dose até 26 de agosto

3ª dose: 1ª dose até 24 de setembro

4ª dose Imunossuprimidos: 4 meses de intervalo

Unidade Móvel de Vacinação

Local: R. Ilson Kolling, n° 71, Parque Itapema (Associação de Moradores)

Horário: das 8h30 às 11h

Local:R. Amaro Cavalcante, n° 160, Elza (em frente da igreja católica)

Horário: das 13h30 às 16h

SAPUCAIA DO SUL

Locais: UBS Nova Sapucaia; ESF Bela Vista; ESF Oswaldo Cruz; ESF Capão da Cruz; Alcina; Terra Nova; João de Barro; ESF Primor; ESF Silva; ESF Vargas, São José, Fortuna, Natal; Freitas e Cohab Casas

Doses aplicadas: todas

Agendamento: www.minhaagendavirtual.com.br/sapucaiadosul

2ª dose/Reforço:

AstraZeneca - 1ª dose até 11 de dezembro

Pfizer - 1ª dose até 11 de dezembro

CoronaVac - 1ª dose até 10 de janeiro

Janssen - 2 meses de intervalo

ESTEIO

Horário: das 12h30 às 20h.

Local: Secretaria de Saúde

Doses aplicadas: todas

Agendamento para 1ª, 3ª dose e reforço da Janssen: www.esteio.rs.gov.br/vacina

PORTÃO

Horário: de segunda a quarta, das 8h às 19h, e de quinta a sexta, das 8h às 17h

Local: Lothar Kern

Doses aplicadas: todas

Dose de reforço Janssen

Horário: das 8h às 17h

Local: Lothar Kern

Capela de Santana

Não informou.

crianças

São Leopoldo

Público da CoronaVac: de 6 a 11 anos, com comorbidade, e de 7 a 11 anos, sem comorbidade

Local: UBS Vicentina e UBS Materno Infantil

Público da Pfizer: e cinco a 11 anos com comorbidades e de 7 anos, sem comorbidades

Local: EMEF Maria Gusmão Britto (Avenida João Corrêa, Morro do Espelho), UBS Vicentina e UBS Materno Infantil

Horário: das 9h30 às 12h e das 14h às 16h30

Sapucaia do Sul

Local: UBS Centro

Horário: agendamento pelo www.minhaagendavirtual.com.br/sapucaiadosul

Público: de cinco a 11 anos, com comorbidades e com 10 anos, sem comorbidades

Esteio

Público: de cinco a 11 anos, com comorbidade

Local: UBS Centro

Horário: das 8h às 12h

Público: 8 anos, sem comorbidade

Local: UBSs Tamandaré, Novo Esteio, Primavera e Cruzeiro pela manhã, e apenas na UBS Parque Claret

Horário: das 13h às 17h

Agendamento: www.esteio.rs.gov.br/vacina

Portão

Local: nas UBSs

Horário: por agendamento na UBS mais próxima

Capela de Santana

Não informou.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.