Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Gravataí POLÍCIA

Mulher morre após ser prensada contra muro pelo próprio carro em Gravataí

Caso é investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam); marido prestou depoimento

Por Da redação
Publicado em: 25.04.2022 às 16:26

Uma mulher de 42 anos morreu na tarde deste domingo (24) após ser prensada contra um muro pelo próprio carro, um Chevrolet Tracker automático. O caso aconteceu na casa onde ela vivia com o marido, no Loteamento Palermo, em Gravataí. A vítima chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu.

À Polícia Civil, o homem disse que a esposa estava saindo com o carro do pátio para visitar a irmã, quando o chamou para desengatar o freio de mão. Ele, porém, não teria visto a ré acionada. Quando liberou o freio, o carro, que estava em uma descida, começou a ir para trás. Ainda conforme o depoimento, ele teria pedido para a mulher pisar no freio, mas ela acabou acelerando. "Disse que ela estava com o corpo parcialmente para fora e acabou acelerando, ficando prensada entre a porta do veículo e o muro da residência", afirma a delegada Fernanda Generali, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam).

Conforme a delegada, a porta chegou a ser arrancada, e o carro acabou batendo em outro veículo, que estava na rua. "O marido foi registrado como suspeito, e as perícias foram feitas para verificar se a versão dele é ou não compatível com as provas", explica. “A versão do suspeito é de que teria sido um acidente causado pela própria vítima.”

Como não há outras testemunhas, apenas o resultado das perícias poderão determinar o que aconteceu. 

Os dois eram casados há mais de 10 anos e não tinham filhos.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.