Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Novo Hamburgo Praça do Imigrante

Comur vai assumir o prédio junto à Praça do Imigrante

Espaço será recuperado para abrigar um ponto de venda de passagens

Por Joceline Silveira
Publicado em: 02.11.2021 às 03:00

Lixo e sujeira espalhados pelo chão. Quase todas as janelas do prédio quebradas. Pelo local, além dos cacos de vidro por todo lado, pedaços de pau e de tijolos. O cenário de depredação visto na área central de Novo Hamburgo é na antiga loja de Economia Solidária, na Praça do Imigrante, junto ao Largo Povo de Canelones (atrás das bancas). Desativado há dois anos, o imóvel está abandonado e teria virado abrigo para andarilhos e usuários de drogas.

Depredado e invadido, prédio deverá ser reformado
Depredado e invadido, prédio deverá ser reformado Foto: Joceline Silveira/ GES-Especial

Após repetidas queixas de comerciantes e vizinhos, uma solução está próxima. A Companhia Municipal de Urbanismo (Comur) assumirá o espaço e implantará um ponto de vendas do Sistema de Bilhetagem Eletrônica (SBE).

"O Prédio no Largo sofrerá reformas devido à depredação e também para adequações. Está sendo feito um projeto para após realizarmos a licitação para recuperação do espaço", adianta o diretor da Companhia Municipal de Urbanismo (Comur), Maurício Alcides Saul. A obra deve ser concluída em fevereiro de 2022.

Reformado em 2019

O local integrou o projeto de revitalização urbana da Prefeitura de Novo Hamburgo, concluído em 2019, e foi totalmente reformado. Inicialmente, conforme a Administração, a intenção era que o espaço público abrigasse um café.

"No entanto, as licitações deram desertas, ou seja, não apareceram interessados. Enquanto transcorriam as licitações, o prédio foi alvo de vandalismo", informou, por meio de nota, a prefeitura.

 

 

Mau cheiro e ocupação

Mesmo com o mau cheiro dentro do prédio, moradores de rua usam o espaço como alojamento. A situação tem deixado os comerciantes das proximidades preocupados.

Relatos são de que a situação vem se agravando ao longo dos últimos meses e a população pede que algo seja feito. "Quando foi reformado ficou muito bonito, mas hoje parece uma cracolândia ali", conta Silvana Moreira, que trabalha nas imediações.

Resposta

Sobre moradores de rua, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social informou que eles já foram acolhidos pelas equipes da pasta que ofereceram a eles abrigo diariamente em algum dos seus espaços.

Plano é que local passe a oferecer novos serviços

Ainda está prevista para funcionar no prédio a venda de bilhetes de ônibus intermunicipais, evitando, assim, que as pessoas tenham que se dirigir até a Rodoviária Normélio Stabel para compra das passagens. O convênio do Sistema de Bilhetagem Eletrônica foi firmado em setembro e tem prazo de seis meses para a implantação.

"Trata-se de um conjunto de equipamentos, softwares, hardwares, dados, serviços, instalações e informações voltados para a gestão e fiscalização dos serviços de transporte público, em especial a cobrança eletrônica de tarifa, que vai dar mais transparência ao transporte coletivo e agilidade ao passageiro", informa comunicado.

Entre as novidades, está a implantação de um aplicativo que permitirá aos usuários acompanhar em tempo real a localização dos ônibus. Outra possibilidade, que está em estudo será a integração tarifária entre as linhas urbanas e também com a Trensurb e linhas metropolitanas.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.