Publicidade
Notícias | Região Solidariedade

Banco de Alimentos arrecadou mais de 40 toneladas nos últimos meses

As doações que foram recebidas durante a quarentena são destinadas para instituições da região que repassam às famílias necessitadas

Por Juliane Kerschner
Última atualização: 29.06.2020 às 11:06

Banco recebeu 405 quilos de alimentos da Sinoscar em junho Foto: Divulgação
A solidariedade tem sido o pilar de diversas famílias durante a quarentena. A crise financeira desencadeada pelo novo coronavírus tem feito com que mais famílias necessitem de ajuda. E mesmo em um momento conturbado para todos, a região do Vale do Sinos continua impressionando com gestos de solidariedade. "Até maio tínhamos arrecadado cerca de 35 toneladas de alimentos. Em junho, o número de doações diminuiu, mas ainda assim conseguimos destinar para as entidades cerca de nove toneladas, boa parte decorrente de uma doação de 330 cestas básicas da Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul. Vimos que em junho, as doações diminuíram em volume, mas as pessoas continuam trazendo nem que seja um quilo de alimento", conta o coordenador operacional do Banco de Alimentos do Vale do Sinos, Jair Reginato.

Entre as 27 instituições beneficiadas estão o Centro Medianeira, a Casa Auxiliadora, as associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de São Leopoldo e Portão, a Associação Leopoldense de Deficientes e o Lar São Francisco.

Para quem desejar fazer doações, o Banco de Alimentos do Vale do Sinos continua aberto de segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas. A sede fica na Rua Dr. Hillebrand, 595, no bairro Rio dos Sinos. Quem preferir também pode fazer doações em dinheiro, através da conta no Banco do Brasil, Agência 0185-6, Conta Corrente 80000-7, CNPJ: 10.416.700/0001-15.

Ação solidária

Entre as doações significativas do mês de junho, está a doação de 405 quilos da Sinoscar. “Estamos com uma campanha, nas nove concessionárias, onde a cada cliente que entra na oficina destinamos 1 quilo de alimento. E aqui em São Leopoldo nossa doação é entregue no Banco de Alimentos. Assim, como diversas empresas passamos por um momento difícil, mas somos parte da comunidade e sentimos a necessidade de ajudar quem mais precisa”, diz o gerente de vendas, Pablo Schroer

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.