Publicidade
Notícias | Região Comunidade

Abandonado duas vezes, Zeus espera por adoção responsável em São Leopoldo

Cãozinho deficiente é manso, tem aproximadamente dois anos de idade, e está sob os cuidados de voluntários da causa animal

Por Renata Strapazzon
Publicado em: 22.10.2020 às 12:34 Última atualização: 22.10.2020 às 14:55

Cãozinho deficiente é manso, tem aproximadamente dois anos de idade e está sob os cuidados de voluntários da causa animal Foto: Acervo Pessoal
No início do ano a história de Tintim, um cachorrinho deficiente abandonado duas vezes no mesmo dia em São Leopoldo comoveu milhares de pessoas em diferentes partes do País e do mundo. No entanto, infelizmente, o que aconteceu com Tintim não foi um caso isolado e com um personagem muito semelhante a ele se repetiu na cidade em setembro passado, dessa vez com Zeus. Sem uma das patas traseiras e extremamente manso, o simpático cachorrinho de pelagem clara foi encontrado no dia 19 daquele mês perdido no bairro Feitoria Cohab. No pescoço tinha uma coleira com o nome Zeus escrito de canetinha em um pedaço de papel.

Informados da situação, voluntários do projeto Focinhos de Rua fizeram postagens nas redes sociais do grupo buscando um lar temporário para Zeus. “No dia 27 de setembro recebemos inúmeras mensagens com fotos desse cachorro em Porto Alegre. Não sabemos como foi parar lá, apenas divulgamos com a finalidade de conseguir abrigo para ele a pedido de um seguidor. Zeus ficou perambulando pelas ruas do bairro Cavalhada, na Capital, e ficamos monitorando o paradeiro dele através de informações de moradores. Um dia depois ele foi adotado por uma pessoa que prometeu cuidá-lo e amá-lo, fazendo uma grande exposição nas redes sociais”, conta a voluntária do Focinhos de Rua, Paola Rodrigues. A adoção de Zeus, segundo Paola durou pouco tempo. No dia 11 de outubro, a adotante devolveu Zeus aos voluntários, alegando problemas pessoais. Sujo, e com lesões provocadas por alergias e pulgas, o cachorrinho voltou aos cuidados do projeto leopoldense.

“Desde então ele está em nosso lar temporário. Tomou banho, foi castrado, medicado e está em recuperação, feliz, mas precisamos encontrar um lar muito especial para esse moço, que é um cão jovem, de, no máximo, dois anos de idade”, explica Paola.

Conforme ela, os interessados em adotar o Zeus precisam ter uma casa com pátio bem fechado, manter o tratamento com medicamento antipulgas mensalmente e ração de boa qualidade. “Além de muito amor, porque esse bichinho já sofreu demais”, completa a voluntária. Contatos com o projeto podem ser feitos por meio do Facebook e Instagram: @focinhosderuars

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.