Publicidade
Notícias | Região Em março

Ano letivo pode começar com Internet gratuita para alunos e professores em São Leopoldo

Previsto para iniciar de forma on-line, no dia 1º de março, o ano letivo da rede municipal leopoldense deve contar com a disponibilização de acesso sem custo ao material on-line

Por JEAN PEIXOTO
Publicado em: 13.01.2021 às 03:00

Prefeito Ary Vanazzi durante a reunião do Comitê de Atenção ao Coronavírus ontem Foto: José Luís Zasso/PMSL/Divulgação
Apesar do contexto de incertezas provocado pela pandemia de coronavírus e pelas indefinições com relação à vacinação no País, a Prefeitura de São Leopoldo já tem data prevista para a retomada das aulas na rede municipal. Segundo o titular da Secretaria Municipal de Educação (Smed), Ricardo da Luz, o início do ano letivo está previsto para ocorrer em 1º de março, conforme já havia sido divulgado no encerramento do ano ano letivo de 2020, em dezembro passado.

O secretário explica que há duas modalidades em discussão para o retorno das atividades escolares: o modo híbrido, com retorno das aulas de forma on-line e progressão gradual às aulas presenciais, ou apenas de modo virtual. Uma novidade que, embora já tenha sido discutida e planejada no ano passado, não chegou a ser implementada, mas neste ano deve ser, é a disponibilização de Internet gratuita para os alunos e professores da rede municipal.

O secretário explica que a disponibilização do tráfego patrocinado ocorrerá por meio da plataforma Google Classroom, ou Google Sala de Aula, pela qual serão oferecidas opções de operadoras de Internet aos alunos e professores, que poderão conectar-se à rede. Contudo, o uso dos dados será restrito ao acesso dos conteúdos didáticos. Embora reconheça que a medida não solucione o problema da dificuldade de acesso à Internet, principalmente entre estudantes que moram na periferia, o titular da pasta frisa que a medida tende a ampliar a participação dos alunos que, em 2020, alcançou mais de 60% da comunidade estudantil. "Mesmo sem o tráfego patrocinado, dos 30 mil estudantes leopoldenses, entre rede municipal e conveniadas, 20 mil deles interagiram durante as aulas, tanto pela plataforma quanto buscando materiais nas escolas. Acrescentando o tráfego patrocinado esse índice deve ser ainda maior", ressalta.

Conforme o secretário, o edital para a viabilização do projeto foi aberto no ano passado e o processo licitatório segue ocorrendo com as operadoras de Internet que demonstraram interesse em participar. O valor que a Prefeitura vai investir no projeto não foi divulgado.

Vacina

Em entrevista ao Jornal VS, o prefeito Ary Vanazzi ressaltou que os professores estão entre as categorias que devem ser priorizadas no plano municipal de vacinação contra a Covid-19. O secretário salienta a expectativa dos profissionais da Educação em poder retomar as aulas presenciais com segurança. "Ter essa possibilidade garante que possamos ter mais rapidamente os estudantes nas nossas escolas com segurança, de forma que se garanta a vida. Sabemos o quanto é importante o processo de aprendizagem na escola", acrescenta.

Na tarde de hoje, ocorre uma reunião entre os membros da Granpal (Consórcio dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre) em que Vanazzi pretende "defender que os profissionais de educação sejam prioridade da vacina, o retorno seja escalonado que haja amplo debate com a comunidade escolar, pais, alunos sindicatos."

Mais Flexibilizações

Durante a reunião do Comitê de Atenção ao Coronavírus de São Leopoldo, na tarde de ontem, foram decididas novas flexibilizações no decreto que prevê as medidas de contenção da pandemia no Município. Entre as medidas previstas pelo Comitê estão a suspensão do "toque de recolher" entre as 23 e as 6 horas para os estabelecimentos não essenciais e ampliou para duas horas o horário extra permitido aos estabelecimentos que possuem o Selo Estabelecimento Seguro, uma parceria da Prefeitura com o Sebrae-RS e a Unisinos.

Também foi retirada a obrigatoriedade do agendamento para academias e centros de treinamento, ficando por ordem de chegada, desde que respeitada lotação, número de funcionários, capacidade de atendimento e protocolos de higienização. Além disso, o novo texto permite a circulação e permanência em praças e parques da cidade, desde que não sejam promovidas aglomerações.

O uso de áreas de playgrounds e piscinas em condomínios também foi liberado, com protocolos de segurança e higienização. O decreto passa a vigorar a partir de hoje e as regras valem até o dia 19 de janeiro de 2021. Durante a reunião do Comitê, o superintendente de Comunicação da Prefeitura, Valentin Thomaz, apresentou a nova campanha de conscientização do Município, desenvolvida pela Superintendência de Comunicação e pela agência Engenho de Ideias. Segundo ele, ação terá três pilares: o impacto, a verdade e a empatia.

 

Agenda cheia em dia de definições para a região

Às 8 horas de hoje, ocorre, em solenidade híbrida e restrita aos prefeitos, a posse da gestão 2021 da Associação dos Municípios do Vale do Rio dos Sinos (Amvars). O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, assumirá seu posto na vice-presidência, ao lado de Luciano Orsi, prefeito de Campo Bom, onde ocorre a cerimônia. Após a posse, será realizada uma assembleia com os prefeitos para a discussão dos protocolos de prevenção e combate ao coronavírus da região. Às 13h30, outra agenda, desta vez com a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), reunirá os prefeitos da região para o alinhamento das medidas de enfrentamento à pandemia no Estado.

A Covid-19 nas cidades da região do VS

São Leopoldo

14.967 casos

28 internados

14.466 recuperados

229 mortes

Sapucaia do Sul

5.749 casos

29 internados

4.861 recuperados

147 mortes

Esteio

5.218 casos

23 internados

5.031 recuperados

139 mortes

Portão

1.481 casos

6 internados

1.310 recuperados

29 mortes

Capela de Santana

341 casos

33 internados

304 recuperados

3 mortes

Total na região

27.756 casos

119 internados

25.972 recuperados

547 mortes

Dados cruzados entre as prefeituras e a Secretaria Estadual da Saúde (SES) até as 20 horas de terça-feira (12).

 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.