Publicidade
Notícias | Região Economia

Comércio estima bons números para o Dia dos Namorados

Projeção é de até 20% a mais nas vendas leopoldenses em comparação com 2020. Presentes diferenciados tem boa saída e são uma opção para a data.

Por Priscila Carvalho
Publicado em: 11.06.2021 às 03:00 Última atualização: 11.06.2021 às 12:09

Confeiteira Camila Dornelles prepara deliciosas e diferenciadas opções de presente para a data Foto: Diego da Rosa/GES
O vermelho da paixão está por todos os lados. Nas vitrines, fachadas, decoração e até nos produtos, que visam chamar a atenção para uma das melhores datas do comércio no primeiro semestre do ano: o Dia dos Namorados. Nas vésperas da data, o que se observa é um movimento dos lojistas para atrair os consumidores e motivar a compra de presentes entre os apaixonados.

Presidente do Sindicato do Comércio Varejista de São Leopoldo (Sindilojas), Walter Seewald, sublinhou que essa é uma data muito importante para o comércio, principalmente, para o de confecções. "Estamos esperando em torno de 20% acima do ano passado, que ainda estávamos no início da pandemia, então as vendas foram muito baixas", ponderou. "Se esse ano fosse comparado há dois anos atrás, aí sim, seria muito bom", argumentou.

Seewald também destacou que o comércio está habilitado e preparado para receber os clientes à procura dos produtos para a data. "Acredito que teremos bons resultados até sábado."

15%

a mais do que o volume de vendas registrado em 2020 é o que estima a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS) para a data.

Tíquete médio de R$ 300,00

A perspectiva da FCDL-RS leva em conta que neste ano, até o momento, os lojistas estão com seus estabelecimentos abertos e atendendo de forma presencial. "Acreditamos em um bom potencial de consumo para o Dia dos Namorados. Além de todo o romantismo da data, há o fator de que cada integrante do casal compra, no mínimo, um presente. Assim, mesmo gastando menos por causa da diminuição de renda, avaliamos que o tíquete médio deve ser em torno de R$ 300 por casal", ressalta o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

A opção dos presentes diferentes para a data

Para quem busca presentes diferenciados e prefere não sair de casa para adquirir os seus produtos, a opção de comprar on-line também se habilita e aquece o comércio para este 12 de junho. E é pelas redes sociais (perfil no instagram @c.candyblack_) que a confeiteira leopoldense Camila Dornelles, 21, mostra a variedade de doces que produz e comercializa seus produtos.

Para o Dia dos Namorados, caixas especiais, personalizadas com fotos e frases, além dos doces, foram o diferencial. “Dia dos Namorados é o amor. Então, tem que trazer o afeto”, pontua, mostrando ainda a montagem dos fondues doces, mais uma opção para os apaixonados. “Tem aqueles que gostam do diferente ou compram para dar como lembrança junto com um presente maior", sublinha, contando que a caixa "Netflix", que traz uma foto do casal, 2 morangos cobertos com chocolate, 2 brownies, 3 brigadeiros e 1 coração lapidado recheado (de Ninho com Nutella ou brigadeiro), foi a mais pedida.

E tem até opção para os solteiros, uma caixa personalizada para aqueles que vão passar a data sozinhos. "É uma forma diferente de se presentear, de comemorar sozinho".

Doces personalizados têm caído no gosto dos apaixonados Foto: Diego da Rosa/GES

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.