Publicidade
Notícias | Região Mais transmissíveis

Variante de Manaus apareceu no RS a partir de Gramado e se propagou pelo Estado

Se confirmada circulação da Delta no RS, será a segunda variante mais transmissível identificada no Rio Grande do Sul a partir da cidade turística da Serra

Publicado em: 12.07.2021 às 15:24 Última atualização: 12.07.2021 às 15:24

Assim como pode ocorrer no caso da variante Delta, identificada primeiro na Índia e que se alastra pelo mundo, foi por Gramado que a cepa Gama (P.1) chegou ao Estado. Identificada no País em Manaus, a linhagem P.1 foi registrada pela primeira vez no Rio Grande do Sul na cidade da Serra. O caso foi tornado público no dia 12 de fevereiro por meio do boletim genômico do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS).

De acordo com o documento, um morador de 88 anos de Gramado, que apresentou os primeiros sintomas da doença no final de janeiro, se infectou com a variante P.1, que tem como característica maior capacidade de transmissão do vírus de uma pessoa para outra. O idoso faleceu dois dias antes da divulgação do boletim, em 10 de fevereiro, após ficar internado no Hospital Arcanjo São Miguel, em Gramado.

Variantes do coronavírus voltam a preocupar no Brasil Foto: Adobe Stock

A P.1 é apontada por infectologistas como uma das causas, aliada ao comportamento das pessoas durante o verão, do aumento de casos e mortes por Covid-19 registrado no Estado em março. Dos 32,2 mil pessoas que morreram durante toda a pandemia no Rio Grande do Sul, 8.407 perderam a vida naquele mês. Foi o maior acumulado mensal da pandemia. O número de casos em março também bateu recorde, com 213.353 infectados.

Boletim genômico publicado no mês passado pela Secretaria Estadual da Saúde apontou que as amostras continuam apontando a presença majoritária da variante P.1 em circulação no Rio Grande do Sul.

Antes de o Estado perder o controle da circulação dessa variante, ainda quando surgiu o primeiro caso no Estado, a Secretaria de Saúde de Gramado informou, à época, que havia feito o rastreamento de pessoas que tiveram contato com o idoso apontado como o primeiro caso. 

Variante Delta

Ainda mais transmissível que a P.1, a variante Delta pode estar em circulação no Rio Grande do Sul e também pode ter chegado ao Estado a partir da Serra. Uma amostra de um morador de Gramado e outra de um morador de Santana do Livramento, identificadas como suspeitas, serão analisadas pela Fiocruz.

P.1 x Delta

Em entrevista à CNN Rádio, na última semana, o virologista da Universidade Feevale, Fernando Spilki, frisou que a variante Delta (descoberta na Índia) terá pela frente no País a P.1, predominante hoje no Brasil.

De acordo com ele, estudos conduzidos no Reino Unido indicam que a Delta é 60% mais transmissível do que a variante britânica Alfa. “No entanto, a situação epidemiológica de lá é diferente daqui, devemos ver como ela (Delta) se comporta no caso brasileiro.”

Circulação da Delta faz estados anteciparem vacinação

A Delta foi identificada primeiro no Brasil em São Paulo. O governo de São Paulo confirmou na última semana que a variante já circula no estado entre pessoas que não tiveram histórico de viagens para o exterior.

Ao menos sete Estados já decidiram antecipar a segunda dose da vacinação, com o intuito de conter eventual aumento da circulação da variante delta no País. Acre, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Piauí e Santa Catarina já decidiram pela antecipação, além do Distrito Federal. Outros cogitam adotar a mesma conduta. 

Pelo menos 20 contaminações pela mutação já foram registradas no País. Com sete ocorrências, o Paraná lidera o número de casos. Em seguida, está o Maranhão com seis registros. Goiás, Minas, Rio de Janeiro e São Paulo também detectaram infecções pela variante.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.