Publicidade
Notícias | Região Cultura

Festival internacional de canto coral ocorre hoje e amanhã de forma virtual

Evento é uma realização da Presto Produções e Promoções Artísticas e tem como homenageado o maestro José Pedro Boéssio, nos 20 anos de seu falecimento.

Por Alecs Dall'Olmo
Publicado em: 23.07.2021 às 03:00 Última atualização: 23.07.2021 às 10:54

Para soltar a voz, integrar e ainda lembrar de um dos grandes nomes da música do Estado. O Madrigal Presto é o anfitrião da primeira edição do Festival Internacional de Coros, que reunirá on-line 22 grupos corais de vários estados brasileiros e cinco países: Estados Unidos, Alemanha, China, Argentina e Colômbia. Grupos com estilos e que mostraram um repertório variado, a partir de gravações ao vivo e virtuais. O evento é uma realização da Presto Produções e Promoções Artísticas e tem como homenageado o maestro José Pedro Boéssio, nos 20 anos de seu falecimento.

Madrigal Presto é o anfitrião da primeira edição do evento Foto: Tiago da Rosa/Divulgação

"Nosso objetivo é aproximar os coros, mostrar a importância e a beleza da atividade realizada em grupo e, apesar das dificuldades da pandemia, motivar a continuidade dos coros. Além disso, mostrar repertórios variados, transformando o momento atual em novas possibilidades de crescimento da atividade coral", ressalta Ailton Abreu, produtor cultural da Presto.

O Festival acontecerá hoje e amanhã, às 20 horas, no canal da Presto do YouTube. Entre os coros participantes estão Coral da Ufrgs (Porto Alegre), Camerata Antiqua (Curitiba), Ars Nova-Coral da UFMG (Belo Horizonte), Madrigal (Brasília), Coro de Câmara de Campina Grande, Coral Infanto Juvenil da Escola Municipal de Música de São Paulo, Indianapolis Symphony Choir (Estados Unidos), Mansfield Universty Choir (Estados Unidos), The Chinese University of Hong Kong Chorus (China), Capriccioso (Alemanha), Coro de Ninõs Cantores de Córdoba (Argentina) e Tinkuy Ensemble Vocal (Colômbia).

História sonora

Boéssio foi um maestro, arranjador, entusiasta do canto coral, inovando e reunindo pessoas em torno da música. Foi um regente e maestro destacado na área musical por mesclar o erudito e o popular. Cursou mestrado em regência coral e doutorado em regência orquestral na Indiana University, nos Estados Unidos. Boéssio nasceu em 16 de fevereiro de 1949, em Veranópolis, e faleceu, tragicamente, no ano de 2001.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.