Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região BOA NOTÍCIA

São Leopoldo e região têm novo saldo positivo na geração de empregos

Dados do Caged apontam Município com mais admissões do que demissões pelo nono mês consecutivo

Por Priscila Carvalho
Publicado em: 03.11.2021 às 03:00 Última atualização: 03.11.2021 às 19:58

Pelo nono mês consecutivo, São Leopoldo apresentou saldo positivo na geração de empregos formais, conforme o último levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência. O boletim foi divulgado na semana passada e traz os índices de geração de postos de trabalho com carteira assinada no Brasil no mês de setembro.

Dados do Caged apontam São Leopoldo com mais admissões do que demissões pelo nono mês consecutivo
Dados do Caged apontam São Leopoldo com mais admissões do que demissões pelo nono mês consecutivo Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por ele, foi possível observar que o Município fechou o mês nove do ano com 2.173 admissões e 1.941 desligamentos, resultando em 232 vagas positivas. No acumulado de janeiro a setembro de 2021, o saldo também é favorável: 2.888 vagas, sendo 20.886 admissões e 17.998 desligamentos. Os dados apontam a cidade como a quinta que mais gerou empregos formais no Estado este ano.

Colhendo frutos

Segundo levantamento da Prefeitura de São Leopoldo, em todo o período da pandemia, desde março de 2020, o Município tem saldo positivo de 3,4% nos empregos de carteira assinada, enquanto o saldo geral do Estado é de 1,39%. Nos últimos 12 meses, de outubro de 2020 a setembro de 2021, São Leopoldo se classificou como sétimo município que mais gerou empregos, com saldo de 3.702, sendo 28.639 admissões e 24.937 desligamentos.

O prefeito Ary Vanazzi destaca as ações tomadas durante a pandemia que garantiram os saldos positivos. "Estamos há 19 meses enfrentando uma pandemia que causou a maior crise sanitária no mundo, com consequências econômicas, sanitárias e sociais. Nós nos propomos a enfrentar com organização, diálogo, disposição para o trabalho. Não fechamos as indústrias, dialogamos de forma permanente com os setores econômicos, que, inclusive, tinham poder de decisão no comitê municipal contra a Covid. Investimos em infraestrutura para facilitar a instalação de novas empresas na cidade e estamos colhendo bons frutos, com geração de emprego e renda", pontuou.

Destaque para a TI

De acordo com os números trazidos pelo Caged, o bom saldo visto em setembro foi novamente puxado pela indústria, que totalizou 161 vagas positivas. Em segundo lugar, o setor de serviços chama a atenção pelo destaque no crescimento de vagas relacionadas à Tecnologia da Informação (TI), que representou 13,22% das oportunidades, seguido pela Educação (3,43%) e do atendimento à saúde (3,21%).

O titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico (Sedettec), Juliano Maciel, falou sobre o aumento do número de trabalhadores contratados para TI, demanda que surge especialmente no Parque Tecnológico São Leopoldo, o Tecnosinos. "Essa área tem vagas ociosas, porque falta mão de obra. É um setor que tem vagas permanentes", lembrou, citando ainda o programa 3 Mil Talentos TI, lançado na cidade com o objetivo de qualificar jovens para o setor.

.
. Foto: Reprodução

 

Boas perspectivas para o quarto trimestre

Maciel também recordou que o governo municipal vinha, de fato, com a expetativa de saldo positivo na geração de empregos devido ao avanço da vacinação contra a Covid-19 e a retomada das atividades em alguns setores. A projeção, segundo o secretário, é que o quarto trimestre também seja afirmativo. “Estamos com essa perspectiva que a gente consiga concluir o ano com balanço positivo”, estimou, salientando que os eventos de fim de ano devem ajudar para tal.

“A situação econômica do País não é das mais favoráveis, o poder de compra vem caindo. Mas o período do Natal já mobiliza por si só e, esse ano, tem um apelo muito especial porque viemos de 19 meses de privações. O ambiente estará propício para um Natal mais aquecido.” Em setembro, apenas a construção civil (-64) e o setor agropecuário (-2), restaram com saldo negativo em São Leopoldo. O economista e professor da Unisinos, Guilherme Stein, avalia que a retomada de setores, principalmente dos mais afetados durante a pandemia, como o de serviços e eventos, pode ter contribuído para mais um mês com vagas positivas.

“O andamento da vacinação, que é o mais importante pelo que temos dos especialistas, permite que comecemos a retomar as atividades e, naturalmente, vemos uma retomada dos empregos, como na indústria, serviços e comércio”.

Região soma mais de 400 vagas positivas

Na região de cobertura do Jornal VS impresso – São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Esteio, Portão e Capela de Santana – os números de setembro também fecharam positivos. No total, foram 446 vagas de saldo favorável nas cinco cidades, com 4.554 admissões e 4.108 desligamentos. Depois de São Leopoldo, Sapucaia do Sul, com 133 postos de trabalho, foi a que mais teve vagas de carteira assinada geradas. Esteio, ficou com o terceiro lugar, com 67. No acumulado do ano, a região soma 39.933 admissões e 33.552 desligamentos, resultando em um saldo positivo de 6.381 empregos formais.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.