Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região CULTURA

Lúcia Passos volta ao palco depois de 17 anos

Performance da mineira, radicada em São Leopoldo e referência brasileira em técnica vocal, será no sábado (27)

Por Alecs Dall'Olmo
Publicado em: 26.11.2021 às 03:00 Última atualização: 26.11.2021 às 11:15

"A cada dia a emoção cresce dentro de mim! Com tanta dedicação à minha vida com os projetos da Presto (Presto Produções e Promoções Artísticas), minha atividade como orientadora vocal do grupo Madrigal, minhas oficinas, meus alunos, não pensava mais em fazer recitais. A vida me pediu esse tempo", ressalta a cantora e professora de técnica vocal Lúcia Passos, sobre sua volta aos palcos. Mineira radicada há 43 anos no Estado e vivendo em São Leopoldo, a artista volta ao palco retomando o seu trabalho como solista, 17 anos após a sua última apresentação.

 

Lúcia, canções, parcerias e registro do disco Cair da Tarde
Lúcia, canções, parcerias e registro do disco Cair da Tarde Foto: Pedro Bonin/Divulgação

A apresentação de retorno da solista será transmitida gratuitamente neste sábado, dia 27 de novembro, às 19 horas, na oitava edição do Saraus Bell'Anima, pelo canal da Bell'Anima Produções YouTube. E Lúcia estará acompanhada da pianista Olinda Allessandrini. No repertório estarão canções da cultura germânica, passando por obras de Schubert a Schumann, além de composições brasileiras assinadas por Camargo Guarnieri e Heitor Villa-Lobos.

E o incentivo para o retorno veio do maestro Vagner Cunha. "O Vagner Cunha sempre insistia para que eu voltasse a cantar. A Olinda insistia para que divulgássemos o CD (álbum Cair da Tarde, que será disponibilizado no dia 12 de dezembro). Mas agora com o lançamento do disco, pelo selo Bell'Anima, e por grande pressão do Vagner, fui experimentar a cantar o repertório do CD e a vida renasceu em mim. Estou curtindo este momento com muita alegria e gratidão", completa Lúcia.

Poemas e filme

Também no repertório da apresentação uma seleção de canções sobre versos de poetas brasileiros, incluindo o poema Motivo, de Cecília Meireles, musicado pelo maestro Cunha especialmente para as artistas. No evento on-line, o público também poderá assistir a um minidocumentário, do cineasta espanhol Juan Quintáns, que registrou uma manhã de ensaios entre Lúcia e Olinda.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.