Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região GOLPE DOS PRECATÓRIOS

Golpistas usam nomes de procuradores da Prefeitura de Novo Hamburgo para tirar dinheiro das vítimas

Criminosos abordam credores de precatórios com a promessa de agilizar liberação de dinheiro devido pelo Município

Publicado em: 28.01.2022 às 10:49

Os nomes de procuradores da Prefeitura de Novo Hamburgo têm sido usados por criminosos para tirar dinheiro de credores de precatórios. Nesta quinta-feira (27), a administração municipal publicou uma nota de alerta à população. Os golpistas abordam as vítimas com a promessa agilizar a liberação de dinheiro devido pelo Município, que nesse caso, é o agente devedor. Só que para isso acontecer, o credor, nesse caso, a vítima, precisa depositar um valor estipulado pelo criminoso numa conta bancária.

Golpe Digital
Golpe Digital Foto: Inezio Machado/GES

A prática não é novidade, mas tem sido frequente. A Procuradoria-Geral do Estado do Rio Grande do Sul  (PGE-RS) também já fez esse mesmo tipo de alerta. No mesmo dia em que a Prefeitura hamburguense publica o alerta, o Estado também faz a mesma manifestação. Novas tentativas de golpes envolvendo precatórios voltaram a circular após o anúncio da 8ª Rodada Conciliatória de Precatórios na segunda-feira (24/1).

A Procuradoria-Geral do Estado (PGE-RS) alerta que não há nenhuma liberação mais rápida, por alvará, de valores decorrentes de precatórios. Os acordos diretos são realizados por meio da Câmara de Conciliação de Precatórios (CCP) e são pagos somente após homologação judicial.

Segundo alguns relatos, golpistas apresentam documentos, via redes sociais, firmados supostamente por advogados e procuradores em que comunicam a liberação antecipada de algum “alvará” ou condicionam o recebimento do precatório mediante o depósito do valor de “custas” ou “taxas”.

A PGE orienta a todos os precatoristas a contatarem os seus advogados e, sobretudo, não prestarem quaisquer informações de forma virtual.

Conforme o edital, publicado no Diário Oficial do Estado na segunda-feira (24/1), o prazo para manifestar interesse em conciliar se inicia em 4 de fevereiro e vai até 11 de março, sendo que o credor deverá efetuar a manifestação de interesse de acordo com as regras previstas para cada tribunal que expediu o requisitório. A manifestação inicial para os precatórios do TRF4 e do TJRS deverá ser feita diretamente no eProc.

Fique atento
A PGE-RS alerta a todos os credores de precatórios para que fiquem atentos a esse tipo de golpe, pois todas as publicações envolvendo a Câmara de Conciliação de Precatórios da PGE-RS são realizadas, formalmente, no site da PGE e a tramitação não exige nenhum tipo de pagamento. A PGE não encaminha nenhum tipo de solicitação de pagamento para a conclusão de processo envolvendo acordo de precatórios.

Dúvidas
Havendo dúvida, o indicado é contatar imediatamente a Câmara de Conciliação de Precatórios da Procuradoria-Geral do Estado (PGE-RS) pelos telefones (51) 3288-1780 ou WhatsApp (51) 98416-7274 (somente mensagens de texto).

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.