Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região RECUPERAÇÃO

Esteio destina R$ 647 mil para reformas de escolas atingidas por temporal

Prefeitura fez levantamento dos estragos e destinou verba, via Programa Municipal Dinheiro Direto na Escola (PMDDE)

Publicado em: 21.03.2022 às 03:00 Última atualização: 21.03.2022 às 11:03

O temporal que passou por Esteio na tarde de 7 de março, quando foram registrados ventos acima de 80 km/h, acabou danificando estruturas, principalmente cobertura e telhados, de 16 das 30 escolas da rede municipal de ensino. A prefeitura fez um levantamento dos estragos e destinou, via Programa Municipal Dinheiro Direto na Escola (PMDDE), R$ 647,9 mil às instituições de ensino para a recuperação do que foi avariado, trabalho que está em andamento.

Esteio foi a cidade da região mais atingida pela tempestade da tarde do dia 7 de março, escolas ficaram destelhadas
Esteio foi a cidade da região mais atingida pela tempestade da tarde do dia 7 de março, escolas ficaram destelhadas Foto: Prefeitura de Esteio/Divulgação

A Escola Municipal de Educação Infantil Vivendo a Infância, no Bairro Primavera, foi uma das mais atingidas. O telhado das salas do fundo do terreno foi arrancado pelo vento e caiu sobre a parte da frente do prédio, quebrando telhas. Na quinta-feira (18), equipes de uma empresa contratada iniciaram a manutenção. A cobertura dos fundos, no entanto, precisará de um novo projeto, que já está em fase de elaboração.

Para ajudar pais e mães de alunos que vivem no entorno, e que também tiveram prejuízos em suas casas com o temporal, a direção da Vivendo organizou uma feira para distribuir roupas e até mesmo móveis que foram doados. Com a suspensão das aulas, alimentos que seriam consumidos pelos alunos na merenda escolar também foram distribuídos, após avaliação da Unidade de Alimentação Escolar da SME.

Na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Paulo Freire, no Bairro Três Marias, as aulas foram retomadas na última quarta-feira (16), mas as salas do piso superior permanecem interditadas.

A tempestade em números

O vento, junto com a forte chuva, deixou como registro a queda ou ameaça de tombamento de 62 postes e 162 árvores. Famílias de diversas partes da cidade precisaram de auxílio. Os bairros mais atingidos foram Jardim Planalto, Santo Inácio, Parque Primavera e Três Marias. A Administração adquiriu 1,5 mil telhas para distribuição. Mais de 6 mil m² de lonas plásticas foram entregues.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.