Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região PEREGRINAÇÃO

Rumo ao Vaticano, bispos da região partem ao encontro do Papa Francisco

Comitiva cumprirá compromissos de 2 e 10 de maio em Roma; pontífice receberá lembrança do RS

Por Débora Ertel
Publicado em: 30.04.2022 às 06:00 Última atualização: 01.05.2022 às 09:19

De 2 a 10 de maio, os bispos do Rio Grande do Sul da regional Sul 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) estarão em viagem oficial a Roma. É a visita Ad Limina Apostolorum ao Vaticano, uma espécie de peregrinação dos chefes das dioceses até o chefe da Igreja Católica, o papa Francisco, representante do apóstolo Pedro.

Dom Carlos
Dom Carlos Foto: Diocese de Montenegro
Da região, participarão da comitiva dom João Salm, bispo da Diocese de Novo Hamburgo, e o bispo emérito, dom Zeno Hastenteufel, além de dom Carlos Romulo Gonçalves e Silva, da Diocese de Montenegro. "Ad Limina significa ao limiar, é ir ao portal dos apóstolos, que para nós hoje é o papa Francisco", explica dom Carlos.

Segundo o bispo da diocese do Vale do Caí, a agenda é intensa e o encontro com o pontífice está marcada para o dia 5 de maio. "A nossa regional vai se reunir com o com papa em uma sala para um encontro de duas horas", conta dom Carlos.

Encontro

Para o momento especial, o presidente da Regional Sul 3, dom José Gislon, bispo da Diocese de Caxias do Sul, providenciou um presente personalizado. "Ele organizou com a Tramontina. É espécie de uma bandeja redonda, com o símbolo do Rio Grande do Sul", comenta o bispo de Montenegro.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Tramontina, a empresa atendeu ao pedido de dom Gislon, fornecendo alguns produtos, mas prefere não divulgar mais detalhes porque se trata de um presente que o papa ainda não recebeu.

Primeira vez

Assim como para dom Carlos, essa será a primeira visita Ad Limina de dom João Salm. Antes ele pertencia à Regional Sul 4 da CNBB, que reúne os bispos de Santa Catarina. Dom João explica que a viagem não é turismo, mas sim uma visita oficial a todos os departamentos da igreja, que tem sede no Vaticano.

Inclusive, cada diocese enviou relatórios ao Vaticano sobre as atividades que promove.

Além da reunião com o pontífice, um dos momentos marcantes da viagem será uma missa rezada junto ao túmulo do apóstolo Pedro. "É quando a gente percebe a catolicidade da igreja", diz dom Carlos.

A visita Ad Limina estava marcada para 21 a 30 de março de 2020, mas foi cancelada por conta da pandemia do Covid-19. Já são quase 13 anos desde a última visita deste gênero realizada pelo episcopado do Regional Sul 3, de 27 de novembro a 10 de dezembro de 2009.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.