Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região VIOLÊNCIA

Um homem morre e outro fica ferido após discussão por cobrança de dívida em São Leopoldo

Casa onde estavam as vítimas foi alvejada por disparos de arma de fogo por trio suspeito de cometer o crime

Por Redação
Publicado em: 30.04.2022 às 17:52

Um homem de 29 anos morreu depois de ser ferido por tiro de arma de fogo no início da madrugada deste sábado (30), em São Leopoldo. A vítima, Maicon Macedo dos Santos, estava em uma casa que foi atingida por diversos tiros pouco depois da meia-noite, no bairro Scharlau. Um dos disparos feriu de raspão a mão direita de um adolescente que já recebeu atendimento médico e foi liberado. Um terceiro homem, que estava no local, conseguiu escapar e não se machucou.

As informações são da Polícia Civil que trabalha no caso desde o início deste fim de semana. Segundo o delegado de polícia, André Serrão, a investigação apurou que os três faziam um churrasco quando foram surpreendidos por um suposto trio que passou de carro e fez os disparos.

Momentos antes do ataque, o homem, que saiu ileso da sequência de tiros, teria discutido e cobrado uma dívida de um dos suspeitos. O motivo seria o atraso do pagamento da parcela de R$ 241,80 pela compra de um celular. O valor total da dívida seria de R$ 2,6 mil. Depois da briga, o suspeito teria saído da casa e mais tarde passado de carro acompanhado de outras duas pessoas. O grupo atirou em direção ao imóvel onde funciona uma empresa de reciclagem.

Maicon era um dos funcionários do homem que fez a cobrança da dívida. A morte dele é considerada homicídio doloso qualificado por motivo fútil. Sobre as outras duas vítimas, o delegado trata como homicídio tentado, também qualificado por motivo fútil. Os três suspeitos dos disparos já foram identificados. Até as 17h30 deste sábado ninguém havia sido preso.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.