Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região Nesta terça (10)

Dia decisivo para projetos das rodovias e de recuperação fiscal

Governo tenta acordo para garantir vitória na votação prevista para hoje

Por Eduardo Amaral
Publicado em: 10.05.2022 às 03:00

O governador Ranolfo Vieira Júnior (PSDB) convocou para a manhã desta terça-feira um café da manhã com a base aliada. No cardápio do encontro com os deputados estão dois projetos considerados de extrema importância para o Executivo, previstos para votação hoje.

O PL 51 destina R$ 490 milhões para obras nas BRs 116 e 290. O PLC 48 amplia o período de teto de gastos do Rio Grande do Sul para adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Tramitando em regime de urgência, os dois temas já trancam a pauta, mas enfrentam grande resistência dentro da oposição e mesmo na base aliada do governo no parlamento.

No encontro, que contará com a presença dos secretários e do governador, o Executivo espera conquistar o apoio necessário para garantir a votação, mas há risco de que o projeto que trata sobre a destinação de recursos para as estradas federais seja inclusive retirado de pauta.

Divisões

Dentro das bancadas há indefinição até o momento. Apenas dois partidos ouvidos pela reportagem fecharam questão sobre o PL 51. O Novo e o PT decidiram votar contra a proposta, considerando descabido que o Executivo estadual destine recursos para obras de responsabilidade da União.

Em outros partidos, o martelo só deve ser batido na reunião das bancadas, entre o final da manhã e início da tarde. Há sinalizações que mostram resistências, mas também há apoios.

A Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) anunciou nesta semana apoio à proposta apresentada pelo Executivo. Presidente da entidade, o prefeito de Nova Santa Rita, Rodrigo Battistella (PT), acredita na aprovação, mas reconhece a dificuldade.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.