Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região PROJETO

Coletânea dos Artistas Gaúchos está com novas obras

Iniciativa do Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos, a biblioteca da Trensurb, tem como objetivo destacar a produção dos artistas visuais do Estado

Publicado em: 16.06.2022 às 03:00 Última atualização: 16.06.2022 às 12:26

A Coletânea dos Artistas Gaúchos, projeto do Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos, a biblioteca da Trensurb, está com novidades. Ontem entraram nas redes novas obras da artista Graça Craidy. A ação tem como objetivo destacar a produção dos artistas visuais do Estado, dando visibilidade ao seu trabalho para um público que não tem o hábito de frequentar os espaços tradicionais de exposição de arte.

Profissão Solidão, trabalho da artista Graça Craidy
Profissão Solidão, trabalho da artista Graça Craidy Foto: Graça Craidy/Acervo pessoal

Os perfis nas redes sociais da Trensurb e do Espaço Multicultural divulgam, mensalmente, três obras de cada um dos 14 artistas participantes. As obras também são veiculadas nos monitores presentes em trens e estações. A curadoria da Coletânea é do poeta e assessor da Trensurb, Élvio Vargas, da artista multimídia Liana Timm e da professora Dione Detanico.

As obras selecionadas pela artista para integrar a coletânea são pinturas em aquarela e acrílica sobre tela, produzidas em 2017 e 2020. Uma delas é parte da coleção Velho: Profissão Solidão. "O velho na janela tem a densidade de uma longa vida pontuada de dores e amores, agora aprisionada na sua velhice, na sua janela, assistindo a vida sem viver. Propõe uma reflexão sobre a velhice", diz Graça sobre a pintura.

As outras duas são intituladas Lulu vai ao parque e Gatíneo assustado. "A menina com o cachorrinho é um flash de pura alegria e encantamento", afirma a artista. "E o gatinho em aquarela é o meu espanto com o reino animal e a liberdade que tem o gato de ser o que lhe dá na telha, dono do seu viver."

Estética da arte

Graça Craidy cursou pintura mural, história, filosofia, estética da arte de Porto Alegre e pintura aquarela. Antes de começar a criar artes, em 1987, trabalhou como publicitária por 40 anos. Realizou 23 exposições individuais, além de 60 mostras coletivas, em locais como a Usina do Gasômetro, Museu Leopoldo Gotuzzo, Espaço Cultural Banco do Brasil Europe, Galeria Clébio Sória, entre outros. Já expôs em países como Alemanha, Espanha, Bélgica e Portugal. Graça também realizou trabalhos virtuais em 2020 e 2021. Participam também da coletânea, organizada pelo metrô, Liana Timm, Zoravia Bettiol, Clara Pechansky, Mariza Carpes, Débora Irion, Graça Tirelli, Maria Clara Leiria dos Santos, Beatriz Balen Susin, Bernadete Conte, Carlos Wladimirsky, Mirian Tolpolar, Rita Gil e Ubiratan Fernandes.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.