Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região INVESTIGAÇÃO

Dois homens são presos por extorsão a comerciantes em Ivoti

Segundo a Polícia, a mando de uma facção criminosa, dupla cobrava mensalidade para que revendas de veículos pudessem funcionar

Por Ubiratan Junior
Publicado em: 16.06.2022 às 16:45 Última atualização: 16.06.2022 às 20:57

Dois homens foram presos em flagrante na tarde desta quarta-feira (15), suspeitos de extorsão a donos de revendas de veículos em Ivoti. Segundo o delegado Felipe Borba, titular da Delegacia de Polícia do município, a dupla admitiu que atuava a mando de outros membros de uma facção criminosa.

Um homem de 28 anos e outro de 22 anos foram presos no bairro Encosta do Sol, em Ivoti, enquanto intimidavam comerciantes
Um homem de 28 anos e outro de 22 anos foram presos no bairro Encosta do Sol, em Ivoti, enquanto intimidavam comerciantes Foto: Polícia Civil
Conforme a investigação, a cobrança aos comerciantes era feita inicialmente por telefone, mas, recentemente, os criminosos passaram a ir até os estabelecimentos. Eles exigiam que os comerciantes pagassem uma mensalidade de R$ 3 mil para que as lojas pudessem funcionar. 

Após denúncias, os suspeitos passaram a ser monitorados pela Polícia. Nesta quarta, eles foram flagrados no interior de uma loja, no bairro Morada do Sol, intimidando proprietários para que pagassem o valor exigido pela organização criminosa. A dupla foi surpreendida pelos policiais. 

Um dos presos tem 22 anos e é morador de Ivoti. Segundo a Polícia, ele tem antecedentes por ameaça e importunação sexual. Já o outro homem é morador de Novo Hamburgo, tem 28 anos e acumula passagens por receptação, corrupção de menores, ameaça, tráfico de drogas e desacato. Os nomes dos suspeitos não são divulgados por conta da Lei de Abuso de Autoridade.

De acordo com o delegado, a investigação prosseguirá para que as autoridades possam averiguar se há participação de mais pessoas na extorsão aos comerciantes. Borba pede a outros empresários que possam estar passando pela mesma situação que procurem as autoridades.

É possível fazer denúncia anônima para a Polícia Civil pelo WhatsApp (51) 98401-5612 ou pelo telefone (51) 3563-1001.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.