Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região COMUNIDADE

Câmara aprova auxílio emergencial de R$1 mil aos carroceiros de São Leopoldo

Votação foi de 11 a 1 a favor do projeto de lei proposto pela Prefeitura. Texto segue para sanção do prefeito Ary Vanazzi, de forma que a ajuda mensal de R$ 1 mil, por seis meses, já comece a ser paga ainda em julho

Por Thiago Padilha
Publicado em: 01.07.2022 às 03:00 Última atualização: 01.07.2022 às 06:49

Os vereadores de São Leopoldo aprovaram, por 11 votos favoráveis e apenas um contrário, na noite desta quinta-feira (30), o auxílio emergencial para as famílias inseridas no Programa de Redução Gradativa do Número de Veículos de Tração Animal. A análise do Legislativo foi em regime especial de urgência, em que o projeto de lei é analisado em uma única sessão ordinária. Desta forma, o texto segue para sanção do prefeito Ary Vanazzi, de forma que a ajuda mensal de R$ 1 mil, por seis meses, já comece a ser paga ainda em julho.

Carroceiros acompanharam a votação na noite de quinta-feira na Câmara de Vereadores
Carroceiros acompanharam a votação na noite de quinta-feira na Câmara de Vereadores Foto: Marcos Jorge/Câmara de São Leopoldo

O único contrário ao projeto foi o vereador Hitler Pederssetti, da União Brasil, que também foi contra a prorrogação em 12 meses do prazo para o fim da circulação em carroças, ainda no ano passado, quando a lei deveria ter entrado em vigor depois de quatro anos da sua aprovação. Ele tentou por duas vezes auxiliar as famílias de carroceiros com um projeto de lei que determinava a doação de triciclos elétricos e também por meio de emenda, ambos vetados pelo Executivo.

Foram favoráveis ao programa Ana Affonso, Brasil Oliveira, Fabiano Haubert, Gabriel Dias, Iara Cardoso, Jeferson Falcão, Lemos, Marcel Frison, Marcelo Dentinho, Nestor Schwertner e Rafael Souza.

Proibição valendo

Desde o primeiro minuto desta sextafeira (1º) a proibição da circulação de carroças em todas as ruas de São Leopoldo já está valendo. No ano passado, o prazo foi prorrogado em 12 meses e a Prefeitura fez um calendário para a implementação da medida, com a determinação se estendendo bairro a bairro. Os últimos locais onde era permitido andar com veículos de tração animal foram o Arroio da Manteiga e o Boa Vista.

Agora só é permitido em locais públicos para fins de passeios turísticos e em atividades culturais que visam celebrar as tradições. Denúncias pelo telefone 153, da Guarda Municipal.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.