Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região RECONHECIMENTO

Jovem de Esteio é selecionada para intercâmbio nos EUA

Moradora do Parque Primavera, Kawélly Leonarda de Freitas, 17 anos, irá para Boston dia 22 de julho

Por Renata Strapazzon
Publicado em: 01.07.2022 às 03:00 Última atualização: 01.07.2022 às 07:35

Um programa inédito lançado nesta semana pelo governo do Estado em parceria com o consulado dos Estados Unidos em Porto Alegre vai oportunizar a viagem de oito jovens gaúchos, integrantes de projetos sociais, para Boston, no mês que vem. Entre os selecionados está a moradora do bairro Parque Primavera, em Esteio, Kawélly Leonarda de Freitas, 17 anos. Todos os selecionados participam de projetos de artes marciais em iniciativas desenvolvidas pela Central Única das Favelas (Cufa).

Projeto foi apresentado no início desta semana no Palácio Piratini
Projeto foi apresentado no início desta semana no Palácio Piratini Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

Denominado de Sports Diplomacy - Esporte para a Mudança Social, o programa promoverá a viagem dos jovens, com idades entre 16 e 18 anos, para um intercâmbio nos EUA, que ocorrerá de 22 de julho a 4 de agosto. O objetivo é realizar uma troca entre as culturas, assim como utilizar o esporte como catalisador de mudanças sociais para a população jovem.

"O primeiro programa estruturante de nosso governo foi o RS Seguro, lançado em fevereiro de 2019. O eixo 2 do projeto trata de políticas sociais, preventivas e transversais, e a ação que lançamos hoje trata disso. Outro ponto importante é que a ação promove a integração entre órgãos e entidades em busca de um bem comum", comentou o governador Ranolfo Vieira Júnior, no lançamento do programa na última segunda-feira, no Palácio Piratini.

A parceria integra os programas RS Seguro e o Sport for Social Change Program (SSC), o qual é financiado pelo Escritório de Assuntos Educacionais e Culturais do Departamento de Estado dos EUA. Conforme o cônsul-geral dos EUA em Porto Alegre, Shane Christensen, o projeto é pioneiro no Brasil. "Temos histórico de apoiar intercâmbios, porém, esta é a primeira vez que a missão diplomática dos EUA promove esta ação com um órgão de Segurança Pública brasileiro. Quando recebemos a proposta do Governo do Rio Grande do Sul, apoiamos de imediato, porque queremos colaborar para tornar este sonho conjunto em realidade", disse.

Seleção

Parceira no projeto, a Cufa colaborou na seleção dos jovens. "Todos os escolhidos têm perfil de liderança. Eles são incríveis e representam não só a si, mas todas as suas comunidades. Nosso trabalho na Cufa é mostrar a periferia como parte da solução, não do problema. Que eles sejam os primeiros a fazer esta ponte", comenta Paulo Daniel Santos, um dos coordenadores da Cufa no RS. Cinco adultos vão acompanhar o grupo na viagem.

Alegria com a oportunidade e ansiedade pela primeira viagem de avião

Kawélly Leonarda de Freitas
Kawélly Leonarda de Freitas Foto: Acervo Pessoal
Única selecionada no Vale do Sinos, Kawélly começou a participar das atividades da Cufa em Esteio em 2019 por meio de oficinas de dança e capoeira. Segundo o coordenador da Cufa esteiense, Eduardo Pereira Cardoso, a menina sempre teve atuação social destacada nos projetos.

“De beneficiária ela passou a voluntária, trazendo também a mãe para o grupo de voluntários da Cufa Esteio. Com a pandemia, a organização passou a desenvolver um programa de auxílio humanitário, com distribuição de cestas básicas, material de higiene, gás de cozinha, entre outros. E desde a primeira ação de auxílio humanitário a Kawélly estava na linha de frente”, explica Cardoso.

Ele ressalta a importância da participação de Kawélly no programa de intercâmbio. “Ela participará do programa para capacitar sua atuação de liderança comunitária. O que para nós é um grande orgulho, por tudo que isso representa na vida de uma menina preta de periferia, e também no reflexo que isso trará para todo o território”, avalia.

Kawélly conta que foi uma surpresa quando soube que havia sido selecionada para o intercâmbio. “Fiquei sem acreditar que tinha sido selecionada. Passaram muitas coisas pela minha cabeça quando recebi a notícia da seleção. Estou muito feliz com essa oportunidade”, afirma. Enquanto conta os dias para a viagem, Kawélly tenta controlar a ansiedade pela primeira viagem de avião. “Acredito que este será o maior desafio”, diz.

Para a comunidade onde vive, a jovem quer ser exemplo. “Espero que com a minha experiência, outros jovens possam se espelhar em mim para participar das atividades da comunidade e que possam ter a mesma oportunidade que eu estou tendo”, completa.

Os selecionados

David de Arruda Prates – Judô – Bento Gonçalves
Gabriel Garcia Gonçalves – Jiu-Jitsu – Porto Alegre
Jhonatan Loreto Figueiró – Capoeira – Santa Maria
João Vitor Rost Padilha – Jiu-Jitsu – Tramandaí
Jobert Martins da Rosa – Taekondo – Pelotas
Kawélly Leonarda de Freitas – Capoeira – Esteio
Maria Eduarda Machado Silveira – Jiu-Jitsu – Rio Grande
Ronaldo dos Reis Mesquita – Capoeira – Passo Fundo

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.