Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul FRONTEIRA

Prefeito e vice de Uruguaiana têm os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral

Pelas redes sociais, o Prefeito Ronnie Mello se pronunciou em vídeo, dizendo que a cassação é um 'desrespeito ao eleitores' e que decisão é baseada em 'eventos infundados'

Publicado em: 30.11.2021 às 15:04 Última atualização: 30.11.2021 às 15:08

A pedido do Ministério Público (MP), a Justiça Eleitoral de Uruguaiana determinou a cassação dos mandatos do prefeito, Ronnie Mello, e do vice-prefeito, José Fernando Tarragó, por captação e gastos ilícitos de recursos para fins eleitorais.

As investigações do MP apontam um esquema de desvio de recursos públicos em contrato de limpeza urbana firmado entre a Prefeitura de Uruguaiana e uma empresa sediada em Santa Catarina, que presta serviços desde 2017 ao município. A empresa promovia a contratação de empregados "fantasmas", "inflando" os valores recebidos pelo contrato e repassando parte deste valor indevido para o financiamento da campanha eleitoral dos agentes públicos.

As informações foram compartilhadas com autorização judicial pela Polícia Civil e pelo Ministério Público de Santa Catarina a partir de operação que apurou indícios de lavagem de dinheiro e financiamento de “caixa dois” para a obtenção de contratos públicos, sem a devida prestação do serviço em Santa Catarina.

Ontem (29), pelas redes sociais, o Prefeito Ronnie Mello se pronunciou em vídeo, dizendo que a cassação é um "desrespeito ao eleitores" e que decisão é baseada em "eventos infundados"

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.