Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul POLÍTICA

Assembleia Legislativa aprova reajuste do piso do magistério

Aumento, aprovado com 38 votos, varia de 5,5% a 32%

Publicado em: 22.12.2021 às 20:56 Última atualização: 22.12.2021 às 21:03

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quarta-feira (22), o reajuste do salário dos professores que atuam na rede estadual de educação. O projeto recebeu 38 votos favoráveis e dois contrários, além de abstenções.

Projeto de lei inicialmente apresentado foi revisto pelo Executivo após diálogo com parlamentares e avaliação de equipe técnica
Projeto de lei inicialmente apresentado foi revisto pelo Executivo após diálogo com parlamentares e avaliação de equipe técnica Foto: Vinicius Reis/Agência ALRS
Os deputados chancelaram reajuste de 32% na tabela inteira do subsídio, o que garante que todos professores ativos e inativos tenham aumento, variando de 5,5% a 32%.

Além do aumento médio efetivo de mais de 22% para cerca de 60 mil profissionais ativos, 45.295 inativos passam a ter ganho mínimo efetivo de 5,53%. Outros 1.359 ativos passam a ter o mesmo índice de reajuste.

Nos últimos 12 anos – no período de 2010 a 2021 – o piso nacional do magistério aumentou 203,81%, enquanto a inflação foi de 92,20% (IPCA) e 93,15% (INPC). Com a Portaria Interministerial MEC/ME 8, de 24/9/2021, o piso deverá ter aumento de 31,3% em janeiro de 2022 A medida garante aos professores os mesmos índices aprovados para o salário mínimo regional, assegurando um mínimo real de ganho, mesmo no piso do magistério que já está acima do salário mínimo regional.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.