Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul VERÃO ESCALDANTE

Temperatura de 42,1 graus é a maior registrada no RS em mais de meio século

Máxima histórica foi marcada na tarde desta quinta-feira (20) em Uruguaiana

Publicado em: 20.01.2022 às 17:22 Última atualização: 20.01.2022 às 17:51

O calorão de castigar os gaúchos tem superado marcas históricas. Nesta quinta-feira (20), um novo recorde de temperatura foi registrado. O Instituto Nacional de Meteorologia informou que 42,1ºC em Uruguaiana, na fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina.

Segundo o Inmet, a temperatura deste janeiro é a mais alta desde 1963, quando a cidade de Iraí, no extremo norte gaúcho, teve 42,2 graus de máxima. Passados 58 anos desde a data, o Estado volta a viver perto da marca recorde.

Em todo território do Rio Grande do Sul, o verão tem sido difícil de enfrentar no campo e na cidade. O calor e o pouco volume de chuva prejudica a agricultura e a saúde da população. A estimativa de meteorologistas para os próximos dias não traz alívio, pelo contrário, deixa em alerta para os cuidados com hidratação e o planejamento por estratégias para enfrentar as altas temperaturas que devem ficar por volta dos 40 graus.

Sol vai marcar presença durante a semana, com grandes períodos de céu aberto e risco de estiagem pelo 2º ano
Sol vai marcar presença durante a semana, com grandes períodos de céu aberto e risco de estiagem pelo 2º ano Foto: Inézio Machado/GES

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.