Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul FRONTEIRA OESTE

Soldado de 18 anos morre após ser atingido por raio em Quaraí

Jovem retornava do quartel para casa no início da noite de segunda-feira, quando foi atingido pela descarga elétrica

Por Stefany Rocha
Publicado em: 26.04.2022 às 11:21 Última atualização: 26.04.2022 às 14:12

Um jovem de 18 anos morreu após ser atingido por um raio no início da noite de segunda-feira (25) em Quaraí, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. A vítima foi identificada como Lucas Emanuel Ribeiro Pinto. Ele fazia parte do 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado.

No momento em que foi atingido, ele passava por uma rua na lateral da RS-377, no bairro Lauro Macedo. Ele retornava sozinho do quartel para casa, que fica a cerca de 300 metros do local. De acordo com a Polícia Civil do município, no momento acontecia um forte temporal, com muitas descargas elétricas.

A investigação da Polícia aponta que o fato aconteceu por volta das 18h30, mas o corpo do jovem só foi encontrado cerca de 1h30 depois, por pessoas da vizinhança que passavam pelo local. A demora se deu por ser um local com pouca iluminação e movimento.

Apesar das circunstâncias indicarem que o jovem tenha sido atingido por um raio, o corpo foi encaminhado para necropsia, que deve confirmar a causa da morte.

Em nota à imprensa, o Comando do 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado lamentou a morte do jovem e afirmou que tem prestado assistência e suporte psicológico aos familiares.

Confira a nota na íntegra:

"O Comando do 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado, "Cavalaria da Legião de Tropas Ligeiras", informa que na noite do dia 25 de abril de 2022, no município de Quaraí-RS, o Soldado do Efetivo Variável Lucas Emanuel Ribeiro Pinto, ao deslocar-se do quartel do 5º RC Mec para sua residência, por volta de 18:30 horas, foi atingido por uma descarga elétrica de tempestade, na localidade do Bairro Lauro Macedo, próximo ao centro da cidade. O militar veio a óbito no local, sendo encontrado por um transeunte, que acionou a Polícia Civil. Quando a autoridade chegou ao local tomou as medidas periciais e de remoção cabíveis. Posteriormente, o militar foi reconhecido pela família. Toda assistência e suporte psicológico estão sendo prestados aos familiares.

Neste momento difícil, os integrantes do Regimnto manifestam as condolências à família do Soldado Emaniel e se solidarizam com seu sofrimento, rogando a Deus que possa ampará-la e dar o conforto necessário em hora tão difícil."

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.