Publicidade
Notícias | São Leopoldo No Santos Dumont

Operação contra instalações elétricas clandestinas termina com três presos em São Leopoldo

Investida ocorreu na tarde desta terça-feira (15), no bairro Santos Dumont

Publicado em: 15.09.2020 às 19:58 Última atualização: 16.09.2020 às 14:32

Operação Blecaute prende três pessoas em São Leopoldo Foto: Polícia Civil/Divulgação
Na tarde desta terça-feira (15), os proprietários de três estabelecimentos comerciais, localizados na Avenida Mauá, no bairro Santos Dumont, em São Leopoldo, foram presos devido a ligações de energia elétrica clandestinas.

As prisões ocorreram durante a operação Blecaute, conduzida pela Polícia Civil da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio das Concessionárias e os Serviços Delegados (DRCP), e do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Os policiais civis efetuaram buscas, juntamente com técnicos da empresa RGE, nos estabelecimentos comerciais, onde foram identificadas as ligações clandestinas diretamente na rede de energia. Em razão disso, os proprietários dos locais foram presos em flagrante. A pena para a prisão por furto de energia pode variar de um a quatro anos de reclusão.

O delegado Luciano Dias Peringer, que coordenou a ação, ressalta que o furto de energia por estabelecimentos comerciais está no foco de combate da delegacia, pois, além de gerar grandes perdas na rede de energia, com prejuízos arcados por toda a população, e consequente diminuição de arrecadação de impostos, a conduta gera perigo e instabilidade na rede energética, além de promover concorrência desleal. "Aquele que mantém comércio regularmente não consegue competir de forma igualitária com aquele que se vê livre do custo de energia intrínseco à atividade econômica", comenta.
%MCEPASTEBIN%

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.