Publicidade
Notícias | São Leopoldo Coronavírus

Sábado de movimentação intensa nos pontos de vacinação contra Covid-19 em São Leopoldo

Cidade abriu dois locais para disponibilizar primeira e segunda doses da vacina

Publicado em: 18.07.2021 às 16:27

 O Centro de Eventos, no sistema drive-thru, e o Ginásio Municipal Celso Morbach, para quem optou ir a pé, em São Leopoldo, registraram procura intensa pela vacinação contra a Covid-19, desde cedo, neste sábado (17), dia em que a Prefeitura disponibilizou a aplicação da primeira dose para 32 anos de idade e segunda dose para quem precisava completar o esquema vacinal.

Movimentação foi grande nos pontos leopoldenses de vacinação, sábado Foto: Romeu Finato/Prefeitura de São Leopoldo

O técnico de impressoras, Josias Misael Gross, 32 anos, aproveitou o final de semana para finalmente receber sua dose de esperança. “É um recomeço. Trabalho em Novo Hamburgo. Hoje não perdi a oportunidade”, ressaltou. A esposa dele, Jaiane Gross, fotografou o momento histórico e revelou estar na contagem regressiva. “Tenho 29 anos, vai chegar logo. Por mim, por nós e pela nossa filha", destacou.

A aposentada Maria Vaz optou por receber a sua segunda dose no Ginásio. Acordou cedo, tomou café da manhã e pegou um táxi. Moradora da Vila Tereza, Maria quer retomar o convívio social. “Vou continuar me cuidando. Só saio de casa para ir ao banco e ao mercado. A vacina traz a expectativa de ter mais liberdade”, salientou.

Maria Vaz recebeu a segunda dose da vacina no Ginásio Foto: Romeu Finato/Prefeitura de São Leopoldo

A vacinação continua nesta segunda-feira (19), com a primeira dose para o público a partir de 31 anos, sem comorbidades, e segunda dose de AstraZeneca/FioCruz, para quem recebeu a primeira dose até 2 de maio, e Coronavac/Butantan, para quem completou 21 dias da primeira dose.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.