Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | São Leopoldo São Leopoldo

Alunos de 4 e 5 anos de escolas conveniadas voltam às aulas em turno integral na segunda

Decisão foi tomada em conjunto com a comunidade e equipes das escolas, em reunião da Diretoria de Tecnologia para Educação da Prefeitura (DTE), na sexta-feira

Por Jean Peixoto
Publicado em: 25.09.2021 às 16:57 Última atualização: 26.09.2021 às 19:15

Os alunos com idades entre 4 e 5 anos das escolinhas de Educação Infantil conveniadas com a Prefeitura de São Leopoldo retornam às aulas em turno integral a partir desta segunda-feira (27). A decisão foi tomada em conjunto com a comunidade e equipes das escolas, durante reunião da Diretoria de Tecnologia para Educação da Prefeitura (DTE), na sexta-feira (24).

Escolinhas conveniadas de São Leopoldo iniciam retomada em turno integral na segunda-feira
Escolinhas conveniadas de São Leopoldo iniciam retomada em turno integral na segunda-feira Foto: Diego da Rosa/GES

No encontro, foi definido um calendário para a retomada gradual, que inicia nesta segunda-feira e segue para os alunos com idades de 2 e 3 anos, no dia 4 de outubro, e para os alunos de 1 ano, no dia 13 de outubro. Evandro Paixão, diretor da DTE, explica que as escolinhas com alunos de 1 ano que desejarem adiantar o retorno, podem.

Ao todo, São Leopoldo conta com 42 escolinhas conveniadas - entre semi-particulares e totalmente custeadas pela Prefeitura - com cerca de 3,6 mil alunos matriculados. As aulas presenciais na rede municipal retornaram no dia 3 de agosto, também iniciando pelas crianças de 4 a 5 anos, porém, de forma semipresencial.

Aprovação comunitária

O diretor salienta que a definição pelo retorno ocorreu de forma conjunta e com aprovação dos pais. “Rodamos uma pesquisa nas comunidades e 77% dos pais aprovaram o retorno integral. As 42 escolas conveniadas concordaram. A partir disso, construímos um calendário conjunto para que o retorno seja escalonado”, pontua.

Evandro comenta que entre os argumentos para a retomada, que já ocorreu nas escolas particulares, está a redução no índice de internações hospitalares por Covid-19. “Temos uma comunidade em São Leopoldo que está cada vez mais vacinada. Estamos avançando nos protocolos. O apoio que a comunidade escolar tem dedicado foi muito importante para chegarmos a este consenso”, diz.

Proteção e sustentabilidade

Outro ponto destacado pelo diretor é a incidência frequente de apontamentos vindos do Conselho Tutelar sobre condições inadequadas às quais as crianças são expostas fora das escolas. “Temos vários relatos do Conselho Tutelar sobre situações que as crianças sofrem estando fora da escola. Para minimizar estes problemas, decidimos retomar o debate do retorno ao turno integral."

Além disso, Paixão lembra que as escolas que vendem apenas parte das vagas para o Município já funcionam com os protocolos necessários, assim como as demais particulares, estando, portanto, aptas ao retorno com os devidos protocolos de segurança. Ele pontua que o convênio municipal garantiu a sustentabilidade de muitas escolas, tendo em vista que algumas creches particulares fecharam as portas por falta de recursos durante a pandemia.

“Queremos destacar que este é um processo que estamos iniciando. O importante é que esse passo seja dado com segurança. A pandemia exige que cada um faça a sua parte”, ressalta Evandro. Uma nova reunião ocorre na terça-feira (28), para seguir discutindo sobre o retorno presencial e a possibilidade de ampliação neste das escolinhas de Educação Infantil municipais.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.