Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | São Leopoldo SÃO LEOPOLDO

Concerto encerra homenagens pelos 20 anos de falecimento do maestro José Pedro Boéssio

Madrigal e a Camerata Presto realizam espetáculo em homenagem ao regente no Teatro Municipal leopoldense

Por Alecs Dall'Olmo
Publicado em: 19.11.2021 às 03:00 Última atualização: 19.11.2021 às 09:51

"É incrível falar dos 20 anos do falecimento do Zé Pedro (José Pedro Boéssio), quando a sua presença é viva entre nós", ressalta Lúcia Passos, cantora, professora de técnica vocal e amiga do maestro, que viveu em São Leopoldo, e é considerado um dos grandes nomes da arte, quebrando paradigmas e unindo a música erudita à popular.

Lúcia é uma das responsáveis pelo concerto que ocorre neste domingo (21), às 18 horas, no Teatro Municipal de São Leopoldo. O espetáculo encerra o ano de homenagens aos 20 anos de falecimento de Boéssio.

Instrumentistas Camerata Presto no espetáculo domingo
Instrumentistas Camerata Presto no espetáculo domingo Foto: Tiago da Rosa/Divulgação

Arranjos

Participam do espetáculo cantores e instrumentistas do Madrigal e Camerata, da Presto Produções e Promoções Artísticas.

No concerto, os grupos leopoldenses apresentarão composições com arranjos feitos pelo próprio Boéssio ao longo de sua trajetória no canto coral brasileiro. Entre os arranjos estão Vira Virou, de Kleiton Ramil; Gaudêncio 7 Luas, de Luiz Coronel e Marco Aurélio Vasconcelos; e Canção da América, de Milton Nascimento.

Conforme Ailton Abreu, músico e produtor cultural da Presto, a realização do concerto segue os protocolos de segurança e o decretos municipal e estadual vigente. Conforme dados do evento, o acesso é gratuito e o público poderá acessar por ordem de chegada no local até a capacidade permitida.

Ao longo deste ano foram promovidas várias ações, entre encontros e atividades em formato on-line, para destacar o trabalho do maestro, O concerto é uma realização Secretaria Municipal de Cultura e Relações Internacionais (Secult) e da Presto.

Paixão e música

Formado em Medicina, Boéssio, que nasceu em 1949, optou por seguir sua paixão pela música e se tornou um destacado maestro brasileiro. Fez mestrado em regência coral e doutorado em regência orquestral na Indiana University, nos Estados Unidos. Fundou a Orquestra Unisinos. Participou do histórico projeto Paralelo 30. O maestro faleceu de forma trágica em um acidente de carro em 2001.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.