Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | São Leopoldo ALDEF

Associação Leopoldense de Deficientes retoma algumas ações e lembra seus 35 anos

Com grupos restritos, atendimentos e oficinas estão ganhando espaço

Por Alecs Dal'Ollmo
Publicado em: 25.11.2021 às 03:00 Última atualização: 25.11.2021 às 09:57

No ano passado, em meio aos períodos mais intensos da pandemia, não foi possível comemorar a data dos 35 anos de fundação da Associação Leopoldense de Deficientes (Aldef). Mas agora, com a situação bem mais amenizada, mas sempre com a necessidade de atenção com base em protocolos, a equipe da associação está mobilizada para lembrar e comemorar o 25 de novembro. E a celebração será com muito trabalho e dedicação ao atendimento de crianças, adolescentes e adultos com deficiências múltiplas, além da atenção com as famílias.

Atendimento ocorre na sede, na esquina das Ruas Santo Antônio e Osvaldo Aranha
Atendimento ocorre na sede, na esquina das Ruas Santo Antônio e Osvaldo Aranha Foto: Diego da Rosa/GES

"Ano passado por motivo da pandemia não foi possível comemorar os 35 anos da instituição que é em 25 de novembro. Esse ano ainda não vamos fazer a festa que planejávamos, pelo fato das pessoas que atendemos integrarem grupos de risco, e até pelas perdas que tivemos. Também por cumprir nosso plano de contingência que reduziu muito as nossas atividades", destaca Ruzel Elaine da Silva Manjorani, tesoureira e coordenadora da associação. Ele ressalta que considera importante lembrar dos 35 anos e mostrar a retomada das ações e que a entidade segue sua missão.

Segundo ela, a Aldef oferece serviço de acolhimento, orientação e acompanhamento realizado pelo Serviço Social e Psicologia. "Há atendimentos individuais e em grupos, que visam a contribuir para a inclusão, desenvolvimento e autonomia da pessoa com deficiência, ministrados pela equipe técnica e oficineiros."

Desenvolvimento

Nesta retomada estão acontecendo, com grupos reduzidos, as oficinas de artesanato e informática. Sempre com a meta de prevenir situações de risco por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. Além de Ruzel, a atual gestão é composta por Ademar José dos Anjos (presidente), Maria Judite Guedes Gonçalves (vice-presidente), Marlene Teresinha dos Santos (2ª tesoureira), Clóvis Renato Barros dos Santos (1º secretário) e Wesley Michael Oliveira Back (2º secretário).

Atividades remotas

Ruzel conta que durante a fase mais complexa da pandemia, que durou todo 2020 e boa parte deste ano, foram realizados atendimentos individuais e em grupo de forma remota por meio de encontros e reuniões por intermédio de chamadas de WhatsApp. Também na agenda foram realizadas videoconferências.

"Em casos de urgência foram realizados atendimentos presenciais", destaca. Ela enfatiza ainda que com a colaboração de empresas e voluntários foram doadas cestas básicas para as famílias atendidas pela associação.

A Aldef também marca presença nas reuniões dos conselhos municipais, como de Assistência Social (CMAS), de Defesa de Direitos do Idoso (CMDDI), de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdedica) e de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Mobilidade Reduzida e das Pessoas com Altas Habilidades/Superdotação (Comudepe).

"Também integramos comissões que ajudam na gestão dos Conselhos", destaca Ruzel.

E a comunidade pode colaborar entrando em contado com a Aldef, que está localizada na Rua Santo Antônio, 649, esquina com Oswaldo Aranha.

Apoio para elaboração de cestas de Natal e planos para 2022

Segundo Ruzel, a ideia é garantir um período de festas especial para as pessoas atendidas e a comunidade pode ajudar nesse momento através de doações financeiras, brinquedos e alimentos. "A associação pretende montar kits natalinos e cestas de alimentos para doar para as 50 famílias associadas", enfatiza ela.

A equipe da associação pode ser contada pelos números (51) 3591-3335 e/ou (51) 99145-2309. Em meio a retomada gradual das ações, ela destaca, que participaram da fundação da Aldef, Ademar José dos Anjos, José Eugênio Berger, Natalino da Silveira, Terezinha Mendes, Rosane Lucca, Vera Lucia Costa Cornelius, José Nestor Moraes, Augusto Cezar Costa Cornelius, Lindomar da Silva, Maria Jussara Silva Freire, José Ricardo Klein, Paulo Micallce, João da Silva, Dirce Paulina Turella, Maria Bandeira, Regina Castilho, José Martins Velho, Orlei Fantinel, Carmem Rosane da Silva, Orlando Vergilio Kirch, Eloy Alves Monzon, Alice Maria Bohnen e Nubia Regina Machado.

"A associação deseja em 2022 voltar presencialmente com todas as atividades interrompidas em decorrência da pandemia e pretendemos retomar a realizações de projetos de informática e o grupo de convivência, que é a principal atividade da instituição", acrescenta.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.