Publicidade
Opinião Opinião

Vanazzi aposta em defesa de peso para garantir candidatura

Por Thiago Padilha
Publicado em: 16.10.2020 às 16:00 Última atualização: 16.10.2020 às 16:12

A coligação Nosso Trabalho Constrói o Futuro (PT, PDT, PCdoB, PTB, Republicanos, PSB) escalou o renomado advogado Jader Marques para fazer o recurso ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS) contra a impugnação do registro de sua candidatura à reeleição em São Leopoldo. Nas redes sociais, Marques reafirmou a concepção de que Vanazzi é "ficha limpa". "A sua candidatura está mantida", destacou. "A Justiça Eleitoral haverá de manter essa candidatura para que os leopoldenses possam escolher, de forma livre, o prefeito Ary Vanazzi como aquele vai conduzir os destinos dessa cidade." A relação de confiança entre os dois é muito grande, tanto que Marques já é advogado do Vanazzi em outros processos que o prefeito é réu.

Situações diferentes

Em nota na quarta-feira, o coordenador da campanha de Vanazzi, Ibanes Mariano, lembrou que em 2016 foram até o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para confirmar que era "ficha limpa". Mas os processos são bem diferentes. Há 4 anos, não foi explicitado que havia o requisito do enriquecimento indevido.

Segue a campanha

Desta vez, o acórdão que condenou Vanazzi refere a ocorrência do enriquecimento indevido de um servidor. A coligação de Vanazzi tem três dias para apresentar recurso. Depois, a coligação do Professor Nado e Ministério Público Eleitoral têm mais três dias para as contrarrazões. A campanha segue sub judice.

O que aconteceu

Em 2016, foi o TRE-RS que barrou por causa de condenação envolvendo o Fórum da Juventude. A ministra Rosa Weber, do TSE, entendeu que era "ficha limpa" e garantiu a posse. O plenário confirmou.


O artigo publicado neste espaço é opinião pessoal e de inteira responsabilidade de seu autor. Por razões de clareza ou espaço poderão ser publicados resumidamente. Artigos podem ser enviados para opiniao@gruposinos.com.br
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.