Publicidade
Botão de Assistente virtual
Opinião

O exterminador de marcas

Por Mauro Blankenheim
Publicado em: 18.01.2022 às 03:00

Por sugestão de um dos meus conselheiros cinematográficos, Mário Junges, fui instado a rever ontem, Yesterday. Um filme de 2019, que a exemplo de I am Sam, desfila uma coleção de hits dos Beatles, revisitados. O filme para quem ainda não assistiu, é uma gracinha, como diria Hebe Camargo. Calcado em um argumento super inventivo, apresenta uma situação ficcional que beira a loucura e simplesmente erradica da civilização humana marcas consagradíssimas e insofismáveis como Coke, por exemplo.

Me preocupo sempre em não dar spoiler para quem ainda não assistiu, mas o argumento central do filme transforma um cantor medíocre em um superstar mundial a partir de uma fantasia que só mesmo o cinema, como indústria criativa, poderia trazer.

O filme obviamente, contexto reverso, enaltece a obra imortal do quarteto Liverpooliano, e abriu o caminho há dois anos, para o lançamento antológico em novembro passado de Get Back, ( título muito bem sacado de dupla conotação) o filme tríptico, exclusividade da Disney.

Com direção do neozelandês Peter Jackson, mostra os ensaios da banda para seu último show ao vivo, que acabou acontecendo no terraço: despe uma série de crendices sobre os conflitos entre os músicos e suas parceiras e esclarece outros de que até então não se tinha notícia. Os ensaios que duraram semanas, mostram o clima de camaradagem entre os quatro, algumas imposições de gênios e de gênio e a impagável caricatura que eles próprios faziam de si mesmos, de suas canções e letras no início de carreira. Uma prova notável do amadurecimento significativo da banda em apenas sete anos. O enredo enquanto diverte, trata de evaporar com marcas que estão arraigadas na nossa vida.


O artigo publicado neste espaço é opinião pessoal e de inteira responsabilidade de seu autor. Por razões de clareza ou espaço poderão ser publicados resumidamente. Artigos podem ser enviados para opiniao@gruposinos.com.br
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.