Publicidade
Botão de Assistente virtual
Opinião

O crescimento do cicloturismo

Por Issur Koch
Publicado em: 21.01.2022 às 03:00

Ogoverno do Estado anunciou esta semana o programa Avançar no Turismo. Com aporte de R$ 131 milhões para atender 150 municípios, os valores serão destinados à infraestrutura, melhoria de equipamentos turísticos e sinalizações. Deste total, R$ 18 milhões são para ciclovias ou ciclofaixas de 11 projetos.

Na região, Taquara foi contemplada com a construção da ciclovia "Caminhos da Serra Velha" e investimentos de cerca de R$ 610 mil. Como presidente da Frente Parlamentar em apoio ao Ciclismo e ao Cicloturismo na Assembleia, vejo este anúncio com otimismo, justamente por marcar uma ação afirmativa a favor desta atividade e uma mudança de cultura nas esferas de poder, que passam a ver o ciclista como um aliado para o turismo.

Atualmente, a maioria das cidades, conta com grupos de pedal. São eles que organizam passeios por diferentes regiões, fazendo com que centenas de pessoas tenham o primeiro contato com o cicloturismo. Mais do que esporte ou lazer, o cicloturismo é uma grande oportunidade de negócios para todos - poder público e iniciativa privada. Além disso, temos vários atletas que destacam-se em competições nacionais e internacionais.

Não é por acaso: basta dar uma volta aos finais de semana para ver quantos ciclistas estão pedalando e consumindo em nossas estradas. Pequenas empresas, como restaurantes, lancherias e a agroindústria têm se beneficiado, gerando empregos, renda e fomentando negócios. No Parlamento, seguiremos levantando a bandeira do ciclismo e do cicloturismo. Afinal, o pedal é legal.


O artigo publicado neste espaço é opinião pessoal e de inteira responsabilidade de seu autor. Por razões de clareza ou espaço poderão ser publicados resumidamente. Artigos podem ser enviados para opiniao@gruposinos.com.br
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.